Técnico René Simões afirma que quer trabalhar para não voltar às divisões de acesso do Campeonato Brasileiro

Foram sete anos consecutivos nas divisões de acesso até que o Bahia pudesse retornar à primeira divisão do Campeonato Brasileiro . Campeão da principal competição nacional em 1988, o time inicia a nova caminhada a partir das 18h30 (de Brasília) deste domingo, contra o América-MG , fora de casa e certo de seu objetivo: não quer ser apenas um novo rico na elite.

"Você sai da classe C da economia e vai para a B, depois da B à A. Aí fica com medo de voltar tudo de novo", comparou o técnico René Simões. "Nós estamos esperando algumas dificuldades no campeonato, a torcida está muito ansiosa. Isso ( ser rebaixado novamente) passa muito pela cabeça do torcedor, até por causa do início de temporada meio turbulento da equipe".

Início de temporada turbulento significa eliminações precoces tanto na Copa do Brasil - empatou por 1 a 1 com o Atlético-PR no jogo de ida das oitavas de final e foi goleado por 5 a 0 na volta - quanto no Campeonato Baiano - caiu na semifinal da competição para o rival Vitória .

Depois disso, a equipe procurou reforços. O principal deles foi o atacante Jobson , que tem histórico de indisciplina - foi suspenso no ano passado por uso de crack - e fará sua estreia no Brasileiro envolto de desconfiança por não ter aproveitado chances recentes na carreira.

René, no entanto, deposita confiança no jogador, . Com a experiência de ter que salvar o Atlético-GO do rebaixamento à segunda divisão em 2010, o treinador espera não passar pela mesma situação em Salvador.

"Tem que iniciar o campeonato bem. Recuperar no meio é muito triste. Veja o exemplo do Ceará, que começou bem o campeonato no ano passado, permaneceu na primeira divisão e está bem até agora. Não pode começar de outra forma, sem essa história de 'ah, vai devagarzinho que depois recupera'... Não, já passei por esse desgaste e sei que é muito ruim", conclui.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.