Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Azarão, Arapongas vence o Atlético-PR na estreia no Paranaense

Arapongas, que voltou à elite do futebol paranaense depois de 20 anos, superou o Atlético fora de casa

Gazeta |

O azarão do Campeonato Paranaense 2011 já mostrou suas garras, e logo na primeira rodada. Diante da torcida do Atlético Paranaense, em plena Arena da Baixada, em Curitiba, o Arapongas, que retornou da segunda divisão na última temporada, bateu o Atlético por 2 a 1, derrubando logo no começo da competição um dos favoritos ao título.

Depois de vinte anos longe da elite do futebol paranaense, o time do interior voltou a balançar as redes. O gol histórico aconteceu aos 26 minutos do primeiro tempo, com Val Ceará, que aproveitou falha de Manoel. Aos 33 minutos, com uma linda cobrança de falta, Wellington ampliou. Na segunda etapa, aos 34 minutos, Paulinho, de falta, descontou.

Na próxima rodada, o Atlético Paranaense enfrenta o Corinthians-PR, quarta-feira, no Estádio Janguito Malucelli, em Curitiba. Já Arapongas encara o Cianorte, em partida marcada para o mesmo dia, no Estádio Municipal Dr. Waldemiro Wagner, em Paranavaí.

nullO jogo

Grande incógnita da competição, o time do interior começou a partida já tentando mostrar seu cartão de visitas, com um chute de Hermínio, de fora da área, logo no primeiro minuto, sem perigo para João Carlos, o novo dono da camisa 1 atleticana. O Furacão mostrava que ainda estava sem ritmo e, por isso, tocava a bola para tentar criar espaços. O Arapongas, por sua vez, marcava forte, imobilizando os meias atleticanos.

Boa chegada de Paulinho, aos 12 minutos, com um levantamento que passou por todo mundo e quase surpreendeu o goleiro Danilo. Depois da cobrança de escanteio, Alê testou firme, no meio do gol, fácil para o goleiro. O Arapongas também tinha seus momentos de pressão e quase abriu o placar aos 17 minutos, em confusão do goleiro João Carlos, que largou nos pés de Gustavo que, que voleio, arrematou pela linha de fundo. Aos 22 minutos, nova chegada de Alê no meio da área, com uma cabeçada para fora.

O time do interior mostrava que não tinha nada de bobo e, aos 26 minutos, após uma falha do zagueiro Manoel, a bola sobrou com Val Ceará, que tocou na saída do goleiro para abrir o placar na Arena. A situação piorou para o Rubro-Negro aos 33 minutos, com uma cobrança de falta perfeita de Wellington, que João Carlos nem viu passar. Preocupado, o técnico Sérgio Soares colocou em campo Branquinho, que a princípio seria o titular.

nullNa segunda etapa, o Atlético-PR voltou com Iván Gonzalez no lugar de Guerrón. Mas a primeira oportunidade foi do Arapongas, com Douglas, que aos dois minutos, dentro da área conseguiu chutar por cima da rede. A reposta veio com Paulo Baier, aos quatro minutos, com um chute que passou com perigo. Pressão rubro-negra na Arena e, aos nove minutos, Branquinho desviou de cabeça, a queima-roupa, e Danilo fez linda defesa.

O Furacão dominava as ações em busca do primeiro gol. Aos 12 minutos, Ivan Gonzalez subiu na área, Danilo defendeu e, na complementação, os jogadores ficaram pedindo pênalti sobre o paraguaio. Hermínio chegou a marcar mais um para o Arapongas, mas a arbitragem anulou apontando impedimento. O jogo era aberto e a torcida assistia atônita o surpreendente time do interior.

Mesmo com dificuldades para passar pela defesa adversária, o Atlético conseguia criar algumas chances pontuais, como aos 22 minutos, com um cruzamento rasteio de Madson que Danilo tirou dos pés de Branquinho. Até Paulo Baier não estava com os pés calibrados e, aos 28 minutos, de frente, para o crime, bateu para fora. Aos 34 minutos, Paulinho, de falta,finalmente descontou. A partir daí pressão total. Aos 40 minutos, Baier cobrou falta no ângulo e o goleiro salvou. Aos 43 minutos, Branquinho chutou cruzado, para fora.

Gazeta
Meio-campista Madson gesticula durante a derrota sofrida pelo Atlético-PR diante de sua torcida
ATLÉTICO-PR 2 x 1 ARAPONGAS

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 16 de dezembro de 2011, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes
Assistentes: Gilson Bento Coutinho e Alexandre Cavalcanti de Souza
Cartões amarelos: Paulo Baier, Branquinho (Atlético-PR); Uillians, Fabinho, Peu (Arapongas)

Gols: ATLÉTICO-PR: Paulinho, aos 34 minutos do segundo tempo
ARAPONGAS: Val Ceará, aos 26 minutos e Wellington, aos 33 minutos do primeiro tempo

ATLÉTICO-PR: João Carlos; Wagner Diniz, Rafael Santos, Manoel e Paulinho; Alê, Deivid (Branquinho) e Paulo Baier; Nieto (Wescley), Guerrón (Ivan Gonzalez) e Madson
Técnico: Sérgio Soares

ARAPONGAS: Danilo; Gustavo, Bruno Matavelli, Douglas e Uillians (George); Peu, Wellington, Wellington e Jocivalter (Rafael Costa); Ermínio e Val Ceará (Maicon).
Técnico: Lio Evaristo
 

Leia tudo sobre: Atlético-PRArapongasCampeonato Paranaense

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG