Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ávila balança no cargo e deixa a diretoria decidir seu destino

Treinador disse que continua confiante, mas que cabe à diretoria decidir pela sua permanência ou não

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

nullO técnico Emerson Ávila está na "corda bamba" no Cruzeiro. Depois da derrota por 2 a 1 para o Coritiba, no estádio Couto Pereira, o treinador cruzeirense afirmou que segue confiante no seu trabalho, mas que cabe à diretoria decidir se ele permanece ou não no comando do time.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time

Ávila afirmou que a situação do Cruzeiro no Brasileirão não é nada confortável. "Situação é muito desconfortável. Mas sou confiante e determinado. Se a diretoria entender que continuo sendo o nome para a reabilitação, amanhã (quinta-feira) já estarei pronto para treinar à tarde. Sabemos que o resultado é sempre determinante para qualquer situação Futebol vive de vitórias. Diretoria sabe melhor que eu o que é melhor para o clube", afirmou o treinador cruzeirense.

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e convide os seus amigos

O treinador prefere não pensar nos jogadores contundidos e suspensos para a próxima partida. "Confiança só volta quando pontuarmos. Não estamos conseguindo fazer isso há seis rodadas. Enquanto isso os outros times vão subindo, uma situação perigosa e temos que ficar atentos. Tempo é curto. Não podemos analisar contusões e suspensões, pois perderíamos tempo. E nosso tempo é precioso agora", avaliou o treinador.

Apesar de nova derrota, o treinador acha que o time lutou em campo. "Não faltou empeenho. Pressionamos o Coritiba. Gol que tomamos no início do segundo tempo nos prejudicou muito. Mesmo com domínio territorial, não fizemos o segundo gol e ficamos com mais esse resultado ruim", concluiu.

Leia tudo sobre: CruzeiroBrasileirão 2011Emerson Ávila

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG