Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Avaí parabeniza árbitro por ver pênalti a favor do Vasco no final

"O jogo foi dentro do campo, não teve nenhuma interferência da arbitragem", avaliou o treinador Silas

Gazeta |

Sofrer o gol de empate em um pênalti discutível a favor do Vasco, em São Januário, no último lance da primeira semifinal da Copa do Brasil poderia causar revolta no Avaí. Mas a delegação do clube catarinense evitou questionar o árbitro paulista Wilson Luiz Seneme. Silas até concordou com a marcação.

"Parece que teve um puxãozinho de leve. Se ele viu, viu bem, não tem que recriminar", aliviou o técnico sobre o lance envolvendo o zagueiro Gustavo Bastos e o vascaíno Elton. "Até lhe dei o parabéns porque apitar aqui não é fácil. O jogo foi dentro do campo, não teve nenhuma interferência da arbitragem. Foi um resultado justo", avaliou.

O goleiro Renan manteve o discurso de não se indispor com a arbitragem, como fez seu comandante. Mas evitou opinar sobre a decisão da arbitragem. "Foi um lance muito rápido. Se foi pênalti, tem que parabenizar o Semene. Se não foi, não adianta mais reclamar", comentou o arqueiro.

Entre declarações contidas, só não deu para esconder a frustração, já que o time vencia por 1 a 0 como visitante. "Fico triste porque tomamos gol faltando um minuto. Mas a gente fez um gol fora, e na Copa do Brasil isso conta. Vamos tentar a classificação para a final, que é nosso objetivo", disse Silas, lembrando que um empate sem gols na Ressacada na próxima quarta-feira classifica o Avaí.

Leia tudo sobre: avaívascocopa do brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG