Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Autor do gol da vitória, Willian evita cobrar vaga no time

Atacante, que entrou ligado e marcou o segundo gol, só teve chance porque Dentinho se sentiu mal e saiu

Levi Guimarães, iG São Paulo |

Na partida do Corinthians esta noite no Pacaembu, contra o Oeste, o atacante Willian só entrou em campo no segundo tempo, subsituindo Dentinho, que estava indisposto durante toda a semana e só teve condições de atuar um tempo. O reserva acabou marcando um belo gol e garantiu a vitória por 2 a 1 e a classificação para as semifinais do Campeonato Paulista.

Siga o iG Corinthians no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Mesmo com o momento de herói, o jogador preferiu não cobrar o técnico Tite por uma oportunidade como titular do time. “A gente tem que continuar provando, não lamentar que está no banco. O Corinthians nos dá todo o suporte, o Tite também dá confiança pra todo mundo, então cabe a nós provar a nossa capacidade quando estivermos dentro de campo”, disse.

Willian também revelou que o próprio Dentinho já havia o incentivado durante o intervalo da partida contra o Oeste. “No intervalo o Dentinho falou comigo, disse para eu me preparar porque ele não estava aguentando. Atacante tem que entrar pra fazer a diferença. Fui feliz de acertar a meia lua e um belo chute. O time todo está de parabéns pela vitória, se mostrou forte para chegar nas semifinais”.

Questionado sobre o poder de decisão do jogador, Tite fez elogios, mas preferiu destacar mais a parte coletiva do que a individualidade de Willian. Para o treinador, o time construiu a vitória com muitas chances criadas e o gol do camisa 18 foi apenas consequência de uma dessas chances.

“O time merece os meus parabéns. Eu digo pra eles que a gente não tem que achar a vitória, temos que construir a vitória. Temos que fazer mais que o adversário e nós fizemos isso hoje, por isso vencemos. O Willian entrou porque o Dentinho passou a semana toda sem suas melhores condições. Quando ele não pôde mais continuar veio o Willian e em uma das muitas chances do time ele conseguiu fazer o 2 a 1”, disse o técnico.

Leia tudo sobre: CorinthiansCampeonato Paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG