Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atual bicampeão é favorito na São Silvestre

James Kwambai será um dos trunfos quenianos, que venceram 12 das 19 edições da corrida desde 1991

Gazeta |

Atual bicampeão, James Kwambai é um dos favoritos ao título da 86ª Corrida de São Silvestre, disputada no próximo dia 31, em São Paulo. O queniano de 27 anos foi quinto colocado na Maratona de Nova York, nos Estados Unidos, no último dia 7 de novembro, provando que está em ótima forma.

Além dos dois títulos da São Silvestre, Kwambai tem no currículo conquistas como a Meia Maratona de Roterdã, na Holanda, em 2009, Maratona de Brescia, na Itália e de Pequim, na China, em 2006. O atleta será um dos trunfos quenianos, que venceram 12 das 19 edições da corrida, desde que passou a ter 15k, em 1991.

Em 2009, Kwambai assumiu a liderança da São Silvestre no km 8 e manteve-se à frente até a linha de chegada, marcando 44min40s, 18 segundos mais rápido que seu compatriota Elias Chelimo.

Kwambai terá ajuda de mais três quenianos, que estão no Brasil desde agosto: Barnabas Kiplagat Kosgei, Mark Korir e Mathew Kiptoo Cheboi. O trio queniano conquistou bons resultados, como a vitória de Barnabas na Volta da Pampulha, em Belo Horizonte (MG) e a primeira posição de Korir na 10K Rio - Corrida Pan-Americana, no Rio de Janeiro (RJ). Barnabas tem ótimo retrospecto e foi campeão mundial de cross-country em 2007, com apenas 21 anos.

Quenianas Alice Timbilili e Eunice Kirwa são atrações - O Quênia está forte na São Silvestre não só no masculino, como também no feminino, categoria que venceu sete vezes desde 1991. Alice Timbilili, campeã de 2007, e Eunice Kirwa, vencedora da Meia Maratona do Rio, são fortes candidatas ao título de 2010.

Timbilili marcou 48min15s em uma prova de 15k na cidade de Nova York, nesta temporada. Em 2007, ela venceu a São Silvestre com o tempo de 53min07s (o recorde pertence à compatriota Hellen Kimayio, que marcou 50min26s, em 1993).

Bicampeã da Meia Maratona do Rio de Janeiro, Eunice Kirwa virá ao Brasil, sem a companhia do marido Joshua Kemei, vencedor da mesma prova na Cidade Maravilhosa, que contundiu-se recentemente. Outra queniana confirmada é Bornes Jepkirui Kitur, que dominou a Volta da Pampulha, no dia 5 de dezembro. Uma semana antes, ela ficou em segundo lugar na 10K Rio - Corrida Pan-americana. O grupo africano é completado por Anastazia Msandai Ghamaa, da Tanzânia, quarta colocada na 10K Rio.

Campeões desde 1991

Masculino
2009 - James Kwambai - Quênia (44min40s)
2008 - James Kwambai - Quênia (44min42s)
2007 - Robert Cheruyiot - Quênia (45min54s)
2006 - Franck Caldeira - Brasil (44min06s)
2005 - Marilson Gomes - Brasil (44min21s)
2004 - Robert Cheruyiot - Quênia (44min43s)
2003 - Marilson Gomes - Brasil (43min45s)
2002 - Robert Cheruyiot - Quênia (44min59s)
2001 - Tesfaye Ragassa - Etiópia (44min15s)
2000 - Paul Tergat - Quênia (43min57s)
1999 - Paul Tergat - Quênia (44min35s)
1998 - Paul Tergat - Quênia (44min47s)
1997 - Emerson Izer Bem - Brasil (44min40s)
1996 - Paul Tergat - Quênia (43min50s)
1995 - Paul Tergat - Quênia (43min12s) recorde da prova
1994 - Ronaldo da Costa - Brasil (44min11s)
1993 - Simon Chemwoyo - Quênia (43min20s)
1992 - Simon Chemwoyo - Quênia (44min08s)
1991 - Arturo Barrios - México (44min04s)

Feminino
2009 - Pasalia Kipcoech Chepkorir - Quênia (52min30s)
2008 - Yimer Wude Ayalew - Etiópia (51min37s)
2007 - Alice Timbilili - Quênia (53min07s)
2006 - Lucélia Peres - Brasil (51min24s)
2005 - Olivera Jevtic - Sérvia e Montenegro (51min38s)
2004 - Lydia Cheromei - Quênia (53min01s)
2003 - Margaret Okayo - Quênia (51min24s)
2002 - Marizete de Paula Rezende - Brasil (54min02s)
2001 - Maria Zeferina Baldaia - Brasil (52min12s)
2000 - Lydia Cheromei - Quênia (50min33s)
1999 - Lydia Cheromei - Quênia (51min29s)
1998 - Olivera Jevtic - Iugoslávia (51min35s)
1997 - Martha Thenório - Equador (52min04s)
1996 - Roseli Machado - Brasil (52min32s)
1995 - Carmem Oliveira - Brasil (50min53s)
1994 - Derartu Tulu - Etiópia (51min17s)
1993 - Hellen Kimayio - Quênia (50min26s - recorde da prova)
1992 - Maria Del Carmen Diaz - México (54min00s)
1991 - Maria Del Carmen Diaz - México (54min02s)

Leia tudo sobre: James KwambaiSão Silvestre

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG