Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atuação no Gre-Nal dá sobrevida a Escudero no Grêmio

Argentino se livra das lesões e passará a ter oportunidades no Brasileirão

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Wesley Santos/Pressdigital
Escudero será aproveitado no Nacional
Não fosse a expulsão, no final da partida, Escudero teria tido uma atuação perfeita no Gre-Nal, domingo passado, no Beira-Rio. Surpresa na escalação do Grêmio, o argentino atuou na função de Lúcio: meia pelo lado esquerdo. Ele marcou, armou jogadas, deu assistências, finalizou a gol, enfim, foi destaque na vitória da equipe de Renato Gaúcho.

O bom desempenho, o melhor dos 12 jogos desde que foi contratado, deu sobrevida ao atleta. Embora não possa atuar na final do Gauchão, neste domingo, no Olímpico, o jogador receberá novas oportunidades no Brasileirão. Ele chegou a ter especulada a devolução ao Boca Juniors – está emprestado até o final do ano.

"Escudero faz parte do nosso grupo, vinha recebendo chances e está mostrando qualidade. Foi bem no domingo, como toda nossa equipe. Ele precisa agora é estar 90 minutos em campo. O jogo pode valorizar ou não cada um dos jogadores", disse Renato.

O diferencial para conseguir mostrar o seu futebol foi o preparo físico. Livre das lesões, quatro desde fevereiro, virou alternativa comum para o treinador.

"Isso o atrapalhou muito. Daí eu não posso fazer nada. Toda a vez que eu pensava em o utilizar ou estava no departamento médico ou não estava 100%. Uma dessas vezes foi no Chile, contra o Universidad Católica, pela Libertadores", comentou Renato.

O empréstimo custou U$$ 500 mil (R$ 833 mil). Caso o Grêmio queira contratar o atleta em definitivo terá de pagar 6 milhões de euros (R$ 13,6 milhões). O time argentino tem 50% dos direitos econômicos, e a outra metade é do Villareal, da Espanha.

Leia tudo sobre: grêmioescudero

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG