Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atuação apagada de estrelas explica goleada sofrida pelo Botafogo

Jogadores que formam a base do time tiveram número de erros bem mais alto que em outras partidas

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

O técnico Caio Júnior culpou o segundo gol, marcado em um pênalti polêmico . O atacante Loco Abreu destacou o desgaste físico do time, com jogos no meio e final da semana . Além de todos esses ingredientes, outra explicação óbvia ajuda a entender a goleada de 5 a 0 sofrida pelo Botafogo para o Coritiba no último domingo, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro : a atuação apagada de jogadores que formam a base central para a equipe carioca.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

O lateral-esquerdo Cortês, por exemplo, que em média erra 6,1 passes por partida, contra o time curitibano realizou 8 passes errados no jogo. Do outro lado, o lateral-direito Lucas, que tem média de 1,8 cruzamentos errados por jogo, fez 5 cruzamentos incorretos contra o Coritiba. Os números são da Footstats e estão disponíveis para iPhone e iPad.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

O atacante Herrera, que vive bom momento na equipe e é vice-artilheiro do Botafogo no Brasileirão, também teve atuação abaixo do esperado. O jogador argentino, que tem média de 5,6 bolas perdidas por jogo, foi desarmado 8 vezes contra o Coritiba. Além disso, o atacante não finalizou nenhuma vez, abaixo da média de 0,9 chutes certos por partida, e também não driblou nenhuma vez, contra a média de 2,1 fintas por jogo.

Se entre os jogadores de linha a atuação foi fraca, no gol, Jefferson evitou um vexame ainda pior. O goleiro do Botafogo, que nesta quarta-feira disputa o amistoso da seleção brasileira contra a Argentina, fez 8 defesas na partida, contra uma média de 3,3 por partida.

Entre para a Torcida Virtual do Coritba ou Botafogo e convide seus amigos

null

Nesta segunda-feira, durante homenagem que recebeu da Câmara de Duque de Caxias, o atacante Loco Abreu minimizou o impacto da goleada e lembrou que o Botafogo foi campeão carioca em 2010 após se recuperar de uma goleada de 6 a 0 para o Vasco.

"Vale lembrar que esse grupo e essa mentalidade vencedora do Botafogo começaram após uma porrada de 6 a 0 para o Vasco em 2010. O importante é que o resultado não muda mais e não podemos ficar pensando na derrota. Temos apenas de tirar lições para frente", declarou o atacante uruguaio.

Na quarta colocação do Campeonato Brasileiro, com 40 pontos, o Botafogo tentará se recuperar da goleada no clássico contra o Flamengo, sexto colocado com 36 pontos. As duas equipes se enfrentam no próximo domingo, às 16h, no estádio Engenhão. O time do técnico Caio Júnior tem uma partida a menos que o líder Corinthians, que soma 43 pontos.

Leia tudo sobre: BotafogoBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG