Treinador projeta reforços para o Brasileiro e que evitar problemas internos no elenco da Libertadores

O Santos não deverá mais contratar reforços para a sequência da Copa Libertadores da América. A diretoria santista atendeu a um pedido do técnico Muricy Ramalho, que optou por não fazer mais contratações para a competição continental, visando evitar problemas internos entre os jogadores do elenco. Sendo assim, todos os reforços pedidos por Muricy já atuaram na Libertadores por outras equipes e não podem mais defender o time da Vila Belmiro.

“Ele não quer reforço para disputar a Libertadores, pois não pensa em atrapalhar o ambiente no grupo. Alguém que chegasse poderia criar uma disputa, e o time já está bem armado por ele”, disse o gerente de futebol do Santos, Nei Pandolfo.

Por enquanto, o treinador pediu a contratação de três atacantes e um zagueiro para a disputa do Campeonato Brasileiro. Desta forma, a diretoria santista já negocia com os atacantes Borges, do Grêmio, e Miralles, do Colo Colo, e o zagueiro Bolívar, do Internacional.

Renteria enfrentou o Santos pelo Once Caldas
Samir Carvalho, enviado iG a Manizales
Renteria enfrentou o Santos pelo Once Caldas
Outro jogador que interessa é o atacante Renteria, adversário do Santos nas quartas de final da Libertadores, defendendo o Once Caldas, da Colômbia, e que trabalhou com Muricy Ramalho no Internacional. Após eliminar os colombianos na Libertadores na última quarta-feira, o auxiliar-técnico de Muricy, Tata, conversou com o atacante colombiano e pediu o contato do jogador para iniciar as negociações.

“O nosso posicionamento é o trabalho para montar o elenco para o Brasileiro. É uma competição longa, e vamos precisar de mais peças. Estamos conversando sempre com o Muricy sobre isso”, complementou.

Apesar de focar reforços apenas para o Campeonato Brasileiro, o Santos tem direito a mais uma troca na lista de inscritos na Libertadores. Muricy já trocou Felipe Anderson e Rychely por Robson e Diogo, respectivamente, mas pode realizar mais uma troca antes do primeiro jogo da semifinal da competição.

Miralles foi um destaques da vitória do Colo Colo contra o Santos, no Chile, na fase de grupos da Libertadores
EFE
Miralles foi um destaques da vitória do Colo Colo contra o Santos, no Chile, na fase de grupos da Libertadores

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.