Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atlético-PR vence Avaí e faz sua 4ª melhor campanha no Brasileiro

Clube, que foi campeão em 2001, vice em 2004 e 4º colocado em 1983, fecha campeonato na 5ª colocação

Gazeta Esportiva |

Nos quase 40 anos do Campeonato Brasileiro, o Atlético Paranaense cravou neste domingo sua quarta melhor campanha na história da competição. Ao vencer o Avaí por 1 a 0, na Arena da Baixada, terminou na 5ª colocação, com 60 pontos. Melhor que isso, só o título de 2001, o vice-campeonato de 2004 e o 4º lugar de 1983. O técnico Sérgio Soares comemorou o feito. Fica para a história que eu e essa moçada deixamos o time numa posição honrosa neste ano, afirmou.

undefined
Para garantir a posição, o Atlético não precisou fazer um jogo bonito contra o rival catarinense. Na verdade, bastou jogar bem até os 10 minutos do 1º tempo. Os donos da casa impuseram uma blitz sobre o adversário no início da partida e aos 7 minutos Paulo Baier definiu o placar do jogo.

Após roubar a bola na defesa, Rhodolfo fez a assistência para Márcio Azevedo, que avançou pela esquerda e cruzou na área. Paulo Baier, sem marcação, deu um toque seco e contou com um escorregão do goleiro Renan para comemorar seu 87º na era dos pontos corridos do Campeonato Brasileiro.

 

Veja como foi o gol de Paulo Baier

Depois do lance que assegurou a 17ª vitória atleticana no Brasileiro, o jogo mudou de mão. O Avaí dominou o meio-campo, com Caio fazendo a diferença, e encurralou os donos da casa. A ponto de aos 19 do 1º tempo o próprio Caio desperdiçar grande chance. Livre na área, ele chutou para fora.

Na etapa final, Caio ainda mandou uma bola na trave. Aliás, no 2º tempo o Avaí impôs ainda mais pressão sobre o Atlético, mas a dupla Rhodolfo e Chico, que encarou a partida em tom de despedida, segurou os catarinenses.

O Avaí precisava da vitória para se garantir na Copa Sul-Americana de 2011. O técnico Vágner Benazzi tentou de tudo no 2º tempo, a ponto de deixar em campo, a partir dos 20 minutos, uma equipe extremamente avançada, com dois meio-campistas ofensivos e três atacantes.

A disposição do time catarinense de ir para o tudo ou nada favoreceu o sistema de marcação do Atlético, que segurou o 1 a 0 e desempatou a série de confrontos contra o Avaí. Agora, são cinco vitórias para os paranaenses contra quatro dos catarinenses.

FICHA TÉCNICA - ATLÉTICO-PR 1 X 0 AVAÍ

Local: Estádio Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 5 de dezembro de 2010, domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Ednilson Corona (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)
Renda: R$ 170.820, 00
Público: 9.879 pagantes (10.939, total)
Cartões amarelos: Vandinho (Avaí), Bruno (Avaí), Ivan González (Atlético), Batista (Avaí), Chico (Atlético) e Daniel (Avaí)

GOL: ATLÉTICO:  Paulo Baier, aos 7 minutos do primeiro tempo.

ATLÉTICO-PR: Neto; Wagner Diniz, Rafael Santos, Rhodolfo e Márcio Azevedo (Heracles); Chico, Vítor (Claiton), Paulinho e Paulo Baier; Ivan González e Bruno Mineiro (Marcelo). Técnico: Sérgio Soares

AVAÍ: Renan; Patric, Emerson Nunes, Emerson e Eltinho; Bruno, Rudnei (Laércio), Batista e Caio; Davi (Daniel) e Vandinho (Dinélson). Técnico: Vágner Benazzi

 

Leia tudo sobre: atlético-pravaícampeonato brasileirovídeos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG