Tamanho do texto

Ricardinho e Bruno Mineiro marcam e conduzem resultado positivo da equipe comandada por Juan Ramón Carrasco na estreia do Paranaense

Em um jogo tecnicamente horrível, o Atlético Paranaense estreou no Campeonato Paranaense 2012 com vitória diante do tradicional Londrina por 2 a 0, em partida disputada no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa. O time ainda mostra problemas de qualidade, mas vai tomando a forma desejada pelo técnico uruguaio Juan Ramón Carrasco.

Confira a classificação do Campeonato Paranaense

No final de uma primeira etapa de muita marcação e pouca criatividade, Ricardinho, aos 40 minutos, ganhou da marcação e acertou um belo chute no ângulo para abrir o placar. Depois do intervalo, Bruno Mineiro, mostrando oportunismo, fechou a contagem aos 31 minutos.

Na próxima rodada, o Atlético Paranaense enfrenta o Operário, quarta-feira, novamente no Estádio Germano Krüger. Já o Londrina fará sua primeira partida em casa, diante do Paranavaí, no Estádio do Café.

O jogo

A partida começou disputada no meio-campo, com muita luta. Chute a gol mesmo somente aos seis minutos, quando Silvio apareceu com liberdade na área para cabecear forte para boa intervenção de Rodolfo. O Atlético-PR respondeu com Deivid, que aos 10 minutos chutou de longe, pela linha de fundo.

O Londrina tocava bem a bola, mas sem chegar ao ataque. Aos 13 minutos, Marcinho cobrou falta no meio da área e a defesa tirou o perigo. Ao lado de Paulo Baier, que atuava mais recuado, o avançado começou a aparecer no jogo, tentando acelerar as ações no campo ofensivo. Entretanto, a falta de ritmo era evidente e prejudicou seu rendimento na partida.

Aos poucos os times se soltavam, ainda que sem criar boas oportunidades. Aos 28 minutos, Morro pegou sobra de bola e chutou torto. Aos 34 minutos, Ayrton fez o levantamento na área e Rodrigo testou nas mãos de Rodolfo, em mais uma chegada do Londrina. Ricardinho respondeu na mesma moeda, por cima da meta. Até que, aos 40 minutos, o Atlético-PR desencantou. O atacante dessa vez não errou e, após receber lançamento na frente da marcação, disparou no ângulo para marcar.

Ricardinho comemora com Paulo Baier gol marcado pelo Atlético-PR
AE
Ricardinho comemora com Paulo Baier gol marcado pelo Atlético-PR

No segundo tempo, Morro Garcia ficou no vestiário para a entrada de Marcelo. Aos cinco minutos, boa chance para o Tubarão, desperdiçada por Walley, que arrematou por cima do gol. O Atlético-PR respondeu com Marcinho, que partiu em velocidade e foi travado na hora certa por Fernando. Aos 12, Nieto balançou a redes, mas o árbitro anulou o lance marcando impedimento.

O ritmo da partida caiu e o técnico Juan Ramón Carrasco aproveitou para realizar algumas modificações no Rubro-Negro, como a entrada de Bruno Mineiro, que estava emprestado ao Sport na última temporada. Aos 24 minutos, Arthur chutou de longe, sem direção. Marcelo também tentou o arremate de longa distância e carimbou a zaga.

Bruno Mineiro deu um poço de emoção a um jogo morno. Aos 31 minutos, o atacante balançou as redes em seu retorno à Baixada, mostrando oportunismo depois de jogada individual de Marcelo.

Nieto também teve uma chance para deixar sua marca em sua especialidade, mas desviou mal de cabeça, aos 39 minutos. Sem forças para reagir, o Londrina ainda tentou descontar de bola parada, mas o chute de Ayrton passou por cima da meta. Danilo ainda impediu mais um gol de Bruno Mineiro com uma grande defesa e deu números finais ao jogo.

FICHA TÉCNICA - ATLÉTICO-PR 2 X 0 LONDRINA
Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR)
Data: 22 de janeiro de 2012, domingo
Horário: 19h30 horas (de Brasília)
Árbitro: Fabio Filipus
Assistentes: Bruno Boschilia e João F. Machado Brischiliari
Cartões amarelos: Ricardinho e Manoel (Atlético-PR)

Gols: ATLÉTICO-PR: Ricardinho, aos 40 minutos do primeiro tempo e Bruno Mineiro, aos 31 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-PR: Rodolfo; Paulo Otávio, Gustavo Araújo, Manoel e Héracles; Deivid, Paulo Baier e Marcinho (Bruno Costa); Ricardinho (Bruno Mineiro), Morro Garcia (Marcelo) e Nieto
Técnico: Juan Ramón Carrasco

LONDRINA: Danilo; Ayrton, Rogério, Fernando e Wendell (Fabinho); Silvio, Serginho Paulista, Bruno (Rodrigo Ribeiro) e Rodrigo; Arthur e Warlley (Alexandre)
Técnico: Cláudio Tencatti