Tamanho do texto

Marcos Malucelli disse que Nelson Nogueira Dias prejudicou os paranaenses em três jogos

O jogo nem começou e a arbitragem de Nelson Nogueira Dias, sorteado para apitar o duelo entre Corinthians e Atlético Paranaense , no final de semana, pelo Campeonato Brasileiro, já está causando polêmica. O presidente do time paranaense, Marcos Malucelli, reclamou publicamente da escolha alegando que o árbitro prejudicou o seu clube três ocasiões nos últimos dois anos, contra Vasco, Botafogo e diante do próprio Corinthians.

"Ele teve uma atuação pouco destacada contra o próprio Corinthians, aqui na Arena. Tivemos uma agressão do Dentinho, que não recebeu nem amarelo e depois foi punido pelo STJD mesmo sem ser expulso", disse o dirigente que, no entanto, não solicitará a troca. "Não é trocar a arbitragem, a Comissão não vai trocar. Mas vamos apresentar nossa preocupação. É um jogo complicado e não sei se ele suportaria essa pressão", completou.

Com o Atlético-PR brigando para fugir da zona de rebaixamento e o Corinthians lutando pelo título, Malucelli espera ver apenas futebol em campo e apela aos atletas que não reclamem em caso de marcações duvidosas. "Os jogadores têm que tratar de jogar e deixar a arbitragem de lado. Nós dirigentes e o próprio treinador vamos cuidar disso", afirmou.

Depois dos episódios do último final de semana, quando o Corinthians reclamou da arbitragem após a derrota para o América-MG, em jogo recheado de polêmicas, o presidente atleticano não esconde a preocupação com uma possível compensação. "Houve reclamações do Corinthians e vi declarações dos dirigentes contra arbitragens que prejudicaram o time no Brasileiro. Mas isso não é novidade no futebol, infelizmente", concluiu.