Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atlético-PR quer transferir princípio de crise ao Coritiba

Se vencer o Cascavel, clube obriga o rival a ter de ganhar do Iraty na quinta-feira, sob risco de entrar em área de turbulência

Altair Santos, iG Curitiba |

O Atlético Paranaense pode ver a crise que ainda ronda a Arena da Baixada mudar de endereço a partir desta quarta-feira. Basta vencer o Cascavel, no jogo das 22h, no estádio Olímpico Regional. Se ganhar, o clube chega aos 12 pontos e transfere para o Coritiba a obrigação de ter de buscar um triunfo sobre o Iraty. Caso o rival não consiga vencer na quinta-feira, os atleticanos saem da área de turbulência e colocam o adversário.

Para o jogo em Cascavel, o Atlético-PR não terá o meio-campista Paulo Baier. O jogador recebeu o terceiro cartão amarelo na partida contra o Roma e em seu lugar atua Branquinho. Na tarde desta terça-feira, no treinamento realizado na cidade do oeste paranaense, o técnico Sérgio Soares confirmou a presença do jogador e decidiu não mexer nos demais setores da equipe. Para o treinador, existe a expectativa de que a equipe deslanche no campeonato.

O que deixa Soares animado é o entrosamento que começa a surgir entre o trio Madson, Guerrón e Lucas. Os três, ao lado de Paulo Baier, foram responsáveis por 9 dos 10 gols que o Atlético-PR já marcou no estadual. Só um não contou com a participação deles quarteto: o marcado na 1.ª rodada, na derrota por 2 x 1 para o Arapongas, que foi marcado pelo lateral-esquerdo Paulinho.

A partida desta quarta-feira à noite também terá holofotes sobre o zagueiro Manoel. O jogador volta ao time, após ter sido expulso no jogo diante do Operário, o que resultou em multa para ele. Existe curiosidade para saber como Manoel irá se comportar de agora em diante, já que foi o único das revelações que não acabou negociado pelo Atlético-PR. Ele teve proposta do Flamengo, mas o clube quis liberá-lo. No entanto, preferiu vender o goleiro Neto, o zagueiro Rhodolfo e o volante Chico.

Observando atentamente o desempenho de Manoel, o zagueiro Gabriel avisa que quer vaga no time. Domingo, ele mostrou suas credenciais e, além de ser eleito um dos melhores do jogo, ganhou elogios do técnico Sérgio Soares. “Ele transmitiu tranqüilidade para a defesa”, disse o treinador, cutucando Manoel, que nas recentes atuações tem se mostrado muito afobado. O jogo contra o vice-lanterna do estadual pode servir para acirrar esta disputa pela zaga central e transferir um princípio de crise da Arena da Baixada para o Alto da Glória.

FICHA TÉCNICA
CASCAVEL X ATLÉTICO
-PR

Local: Olímpico Regional, em Cascavel (PR)
Data: 2 de fevereiro de 2011, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Nilo Neves de Souza Jr.
Assistentes: Fábio Gazarini Silva e João Marcelo de Souza

CASCAVEL: Veloso; Rafael, Rodrigo, João Renato e Tita; Diego Corbari, Irineu, Pedro Neto e Kalil; Clênio e Wellington. Técnico: Ivair Cenci.

ATLÉTICO-PR: João Carlos; Marcos Pimentel, Manoel, Rafael Santos e Paulinho; Ale, Fransérgio, Branquinho e Madson; Guerrón e Lucas. Técnico: Sérgio Soares.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG