Tamanho do texto

Com 42 pontos, cinco a mais do que o primeiro do Z-4, time alvinegro dá passo importante para não cair

nullCom um gol em cada etapa e mais uma boa atuação, especialmente no primeiro tempo, o Atlético-MG venceu o Coritiba por 2 a 1 e praticamente se garante na Série A do ano que vem. Os gols de Neto Berola e Leonardo Silva deram ao time alvinegro mais três pontos. Agora, com 42, o time de Cuca precisa de pelo menos mais um, em três jogos. O Coritiba descontou bom Bill e dificilmente vai conquistar uma vaga na Libertadores.

Confira a classificação atualizada do Brasileirão

Na próxima rodada o Atlético-MG tem pela frente o líder Corinthians. O jogo que pode marcar a permanência atleticana na primeira divisão, pode também definir a competição, já que o Corinthians pode ser ultrapassado pelo Vasco em caso de derrota. Se a rodada começou com quatro pontos de vantagem sobre a zona do rebaixamento, agora são cinco pontos, o que deixa o Atlético-MG em situação bastante confortável, mesmo que não pontue em São Paulo.

Já o Coritiba vive a ressaca de ter feito um grande temporada e não ter atingido a Copa Libertadores. Vice na Copa do Brasil, a equipe treinada por Marcelo Oliveira precisa vencer suas três últimas partidas e torcer por uma combinação improvável de resultados. Mas nada mal para um time que estava na Série B no ano passado.

O jogo
A partida começou com oito minutos de atraso, já que o Coritiba chegou ao estádio apenas 30 minutos antes do horário marcado para iniciar o jogo. Mas nada mudou o ímpeto do Atlético-MG, que foi para o ataque desde o primeiro minuto. Ameaçado pela aproximação do Atlético-PR, a equipe alvinegra foi absoluta no primeiro tempo.

Já aos sete minutos o meia Bernard teve a primeira boa oportunidade, mas chutou para fora. No minuto seguinte foi a vez de Serginho ficar sozinho com o goleiro Vanderlei, depois de lançamento de Lenardo Silva, mas o volante improvisado como lateral-direito chutou por cima do gol. Se o Atlético-MG não conseguiu marcar o gol, o Coritiba esteve muito próximo de ajudar o adversário.

Eltinho cortou um cruzamento errado e só não marcou contra por conta de Jéci, que salvou em cima da linha. De tanto pressionar, o Atlético-MG chegou ao primeiro gol aos 19 minutos, com Neto Berola. O atacante recebeu cruzamento rasteiro de Richarlyson e bateu no canto direito do goleiro Vanderlei.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG ou do Coritiba e comente o resultado da partida

Já o Coritiba, não conseguia jogar e sua única chance foi depois que o zagueiro Réver saiu jogando errado e perdeu a bola para Rafinha. O meia deixou Everton Costa sozinho, mas o camisa 11 da equipe alviverde furou dentro da pequena área. Já o Atlético-MG teve mais três boas chances de ampliar o marcar. Vanderlei defendeu os chutes de Renan Oliveira e André, enquanto Richarlyson bateu uma falta com perigo, mas a bola foi fora.

Se o Atlético-MG sobrou no segundo tempo, a etapa final foi mais equilibrada, com poucas chances paras duas equipes. O nervosismo de partidas anteriores tomou conta do Atlético-MG, que ao invés de procurar o segundo gol, queria defender o placar conquistado até então. O Coritiba foi para cima com as mudanças de Marcelo Oliveira, as entradas de Tcheco e Bill.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

Mas a única boa chance do time visitante foi aos dez minutos, quando Leonardo puxou contra-ataque e chutou de fora da área, para defesa de Renan Ribeiro. Já o Atlético-MG tentou com Bernard, aos 25 minutos, mas o chutou foi fraco e para fora. O jogo segui truncado, mais no campo de ataque do Coritiba.

Ao Atlético-MG restava os contra-ataques e foi assim aos 34 minutos, que o time da casa chegou ao segundo gol. O zagueiro Leonardo Silva arrancou com a bola dominada e chutou de fora da área. A bola bateu na defesa e enganou o goleiro Vanderlei. Como não podia ser diferente, aos 44 minutos o Coritiba descontou com Bill. Por alguns minutos a torcida ficou apreensiva, mas soltou o grito com o apito final.

FICHA TÉCNICA – ATLÉTICO-MG 2 X 1 CORITIBA
Local:
Estádio Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 17 de novembro de 2011 (quinta-feira)
Horário: 20h30 (horário de Brasília)
Renda: R$ 88.200,00
Público: 16.872 pagantes
Árbitro: Gutemberbg de Paula Fonseca (RJ)
Assistentes: Rodrigo Pereira Jóia (RJ) e Ediney Guerreiro Mascarenhas (RJ)
Cartões Amarelos: Renan Oliveira (CAM); Rafinha, Emerson e Jonas (CTB)
GOLS:
ATLÉTICO-MG: Neto Berola, aos 19 minutos do primeiro tempo; Leonardo Silva, aos 34 minutos do segundo tempo
CORITIBA: Bill, aos 44 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Serginho, Réver, Leonardo Silva e Richarlyson; Fellipe Soutto, Pierre, Renan Oliveira (Mancini) e Bernard; Neto Berola (Marquinhos Cambalhota) e André (Magno Alves).
Técnico: Cuca

CORITIBA: Vanderlei; Jonas, Jeci, Emerson e Eltinho (Maranhão); Willian, Léo Gago (Tcheco), Davi (Bill) e Rafinha; Everton Costa e Leonardo .
Técnico: Marcelo Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.