Tamanho do texto

Após temporada ruim, clube adota postura bem mais cautelosa e evita colocar a mão no bolso

Bem diferente de 2011, o Atlético-MG tem sido mais cauteloso na busca por reforços. Até o momento foram contratados apenas o volante Leandro Donizete e o meia Danilinho , por valores ainda não revelados pela diretoria alvinegra, que no ano passado gastou R$ 28 milhões na aquisição de jogadores, um recorde em 104 anos de história do clube. A mudança de postura se explica pelos péssimos resultados do time, que fez a sua pior temporada em cinco anos.

Veja também: Atlético-MG gasta R$ 28 milhões em reforços, mas repete frustrações

Eliminações precoces na Copa do Brasil e na Copa Sul-Americana, vice no Mineiro e apenas a 15ª colocação no Brasileiro . Desempenho bem pior do que nas temporadas entre 2007 e 2010. Muito disso se explica no fraco desempenho dos jogadores contratados, o que faz a diretoria do Atlético-MG trabalhar para recuperar um pouco do que foi investido. Com as mudanças planejadas para 2012, jogadores que somados custaram R$ 7 milhões estão fora dos planos. Alguns deixaram o clube ainda em 2011, outros somente ao término da temporada.

Leia também: Cada vez mais vendedor, Atlético-MG se torna um grande comprador

O próximo que deve deixar a Cidade do Galo é o volante Dudu Cearense . Uma das maiores apostas do Atlético-MG para o Brasileirão, pouco jogou. Com uma série de lesões e dificuldade para entrar no ritmo dos companheiros, Dudu Cearense esteve em campo somente 14 vezes com a camisa atleticana. O número de gols marcados é bom, foram três, considerando que se trata de um volante.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

Dudu Cearense tem proposta do Sporting-POR e a diretoria atleticana pretende recuperar parte dos R$ 2,5 milhões gastos na contratação do volante junto ao Olympiakos-GRE, em abril do ano passado. Além dos portugueses, outras equipes brasileiras também desejam o volante, entre elas o Vitória , clube que lançou Dudu Cearense. O clube alvinegro, no entanto, não comenta nenhuma situação. O fato é que o volante não faz parte dos planos de Cuca . O treinador não gostou da postura do atleta nos três meses de convivência que tiveram na Cidade do Galo.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Se o dinheiro investido em Dudu Cearense pode ser recuperado, assim como é o caso do lateral-direito Patric , que custou R$ 2,2 milhões e tem contrato até 2014, outros pouco jogaram e não deram nenhum tipo de retorno. O volante Gilberto e meia Didira custaram juntos R$ 450 mil pelos empréstimos. Foram seis e dois jogos respectivamente e ambos já estão fora do clube. O único que deu algum tipo de retorno foi o atacante Jóbson , já que foi escalado pelo Bahia no jogo contra o Atlético-MG e com isso o clube mineiro recebeu R$ 300 mil de multa.

Veja os jogadores que custaram algo para o Atlético-MG e não vão jogar pelo clube em 2012:

Nome Valor investido
Situação Valor recuperado
Dudu Cearense R$ 2,5 milhões Em negociação Ainda não definido
Patric R$ 2,2 milhões Em negociação Ainda não definido
Toró R$ 750 mil Emprestado ao Figueirense Não revelado
Guilherme R$ 680 mil Emprestado ao Figueirense Não revelado
Jóbson R$ 300 mil Devolvido ao Botafogo R$ 300 mil
Didira R$ 250 mil Devolvido ao Asa-AL Não revelado
Gilberto R$ 200 mil Ficou sem contrato Nenhum