Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atlético-MG sonda Richarlyson, mas alto salário impossibilita negócio

Com contrato até o final deste ano com o São Paulo, meio-campista está livre para negociar o seu futuro, já que o clube paulista não ofereceu proposta de renovação

Gazeta Esportiva |

O diretor de futebol do Atlético-MG, Eduardo Maluf, revelou nesta quinta-feira que o clube mineiro teve interesse na contratação do volante Richarlyson, atualmente no São Paulo, mas que a negociação não foi adiante devido ao alto salário pedido pelo jogador. De acordo com o dirigente, o empresário do atleta, Júlio Fressá, foi ao clube mineiro há cerca de duas semanas para tentar acertar a transferência.

"O procurador dele (Richarlyson) esteve aqui, conversamos com ele, mas diante da proposta que foi apresentada, acabamos tendo de agradecer (por não chegar a um acordo)", afirmou Maluf.

Com contrato até o final deste ano com o São Paulo, Richarlyson está livre para negociar o seu futuro, uma vez que o clube paulista não chegou a oferecer uma extensão de contrato ao volante. Por enquanto, o Fluminense, do técnico Muricy Ramalho, é o favorito para contar com o jogador na próxima temporada.

Sabendo que não irá permanecer no clube paulista, Richarlyson fez contato com um antigo companheiro para decidir o seu novo destino no futebol. O volante Zé Luís, que jogou com o volante no São Paulo e está atualmente no Atlético-MG, falou sobre o teor da conversa.

"Falo sempre com o Ricky, amigo que tenho no futebol, grande profissional. Se resolver, eu ficarei muito feliz, o Atlético vai ganhar um grande profissional, um grande jogador, eu estou torcendo para dar certo", revelou o atleta antes de saber do fracasso da negociação.

Leia tudo sobre: atlético-mgmercado da bolasão paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG