Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atlético-MG só empata com xará goianiense e frustra torcida

Atacante Guilherme saiu do banco e incendiou a partida, evitando derrota mineira na Arena do Jacaré

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

O Atlético-MG perdeu boa oportunidade de se aproximar dos líderes do Brasileirão nesse domingo. O time mineiro empatou com o Atlético-GO em 2 a 2 em um jogo muito movimentado na segunda etapa, na Arena do Jacaré. Marcão e Vítor Jùnior marcaram para os visitantes, enquanto Renan Oliveira e Guilherme anotaram para os donos da casa. Se o resultado não foi dos melhores, pelo menos Guilherme marcou seu primeiro gol com a camisa do Atlético-MG e deixou a torcida esperançosa.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Depois de um começo empolgante no Brasileirão (duas vitórias nas rodadas iniciais), o Atlético-MG não vive bom momento e já soma três partidas sem vitórias (São Paulo, Bahia e Atlético-GO).

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

null

O jogo
O técnico Dorival Júnior finalmente deu uma chance para Daniel Carvalho começar entre os titulares, escalando dois meias de criação. Outra novidade no time foi a manutenção da dupla de ataque, com Magno Alves e Mancini, já que se esperava que Guilherme voltasse ao time.

Futura Press
Renan Oliveira entrou no segundo tempo e deixou o seu no empate de 2 a 2
O jogo começou em um ritmo lento, com as duas equipes chegando pouco à meta adversária. Se o Atlético-MG tinha mais posse de bola, os visitantes mostraram mais objetividade. O atacante Anselmo chutou e exigiu ótima defesa de Renan Ribeiro. Mas, no rebote, Marcão mostrou oportunismo e abriu o placar. O troco quase veio de forma imediata. Leonardo Silva aproveitou de sua estatura e subiu no terceiro andar para acertar uma bela cabeçada no travessão.

Aos 36 minutos, Marcão foi derrubado na área e o time goianiense reclamou pedindo pênalti. Giovanni Augusto ainda demandou uma boa defesa de Márcio em chute de longa distância, mas foi o time de Paulo César Gusmão que desceu para os vestiários com a vantagem.

Marcão falou sobre o lance do gol. “Pude estar na hora certa e no lugar certo para deixar nosso time na frente”, disse o centroavante do time rubro-negro.

No segundo tempo, Dorival Júnior atendeu aos pedidos da torcida atleticana e promoveu a entrada de Guilherme no lugar de Mancini. Mas foi Magno Alves quem teve uma grande chance, sozinho na área, e desperdiçou. No contra-ataque, Marcão quase ampliou, mas parou nas luvas de Renan Ribeiro.

O alívio da torcida atleticana veio quando Magno Alves passou pelo goleiro Márcio e cruzou para Renan Oliveira tocar para o gol vazio e empatar. Quando o time mineiro pressionava para buscar a virada, Vítor Júnior arriscou de fora da área e fez o segundo em uma falha de Renan Ribeiro, silenciando a Arena do Jacaré.

Mas o Atlético-MG não estava morto. O atacante Guilherme recebeu grande lançamento e bateu na saída do goleiro, para empatar a partida novamente. Os minutos finais foram angustiantes com Guilherme ainda tendo duas chances mas parando em boa atuação de Márcio, que segurou o empate de 2 a 2.

FICHA TÉCNICA – ATLÉTICO-MG 2 X 2 ATLÉTICO-GO
Local: Arena do Jacaré (MG)
Data: 19 de junho de 2011, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Antônio Carvalho Scheinder (RJ)
Assistentes: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Luiz Antônio M. de Oliveira (RJ)
Renda: R$140.960,00
Público:
15.106 pagantes
Cartões amarelos:
Marcão, Thiago Feltri e Vítor Júnior (ATL-GO), Daniel Carvalho e Réver (ATL-MG)

Gols:

Atlético-MG: Renan Oliveira, aos 30 minutos do segundo tempo; Guilherme aos 39 minutos do segundo tempo
Atlético-GO: Marcão, aos 30 minutos do primeiro tempo; Vítor Júnior, aos 35 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Roger, Réver, Leonardo Silva e Leandro; Serginho, Gilberto (Dudu Cearense), Daniel Carvalho e Giovanni Augusto (Renan Oliveira); Mancini (Guilherme) e Magno Alves.
Técnico: Dorival Júnior

ATLÉTICO-GO: Márcio; Adriano (Renato Augusto), Gílson, Anderson e Thiago Feltri; Agenor, Pituca, Bida e Vitor Júnior (Felipe Brisola); Marcão (Felipe) e Anselmo.
Técnico: Paulo César Gusmão
 

 

Leia tudo sobre: Atlético-MGAtlético-GOBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG