Time mineiro espera encontrar adversário bem fechado, por isso jogadores pedem tranquilidade para jogar

Cinco pontos separam o Atlético-MG do Ceará , que lutam contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro . Precisando vencer para tirar a diferença e pelo fato de estar diante de sua torcida, o time mineiro entra em campo mais pressionado para conseguir o resultado positivo. Mas nem por isso os jogadores atleticanos vão se lançar ao ataque.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

Segundo o capitão Leonardo Silva , o Atlético-MG tem de ter inteligência e saber que não precisa garantir a vitória logo nos primeiros minutos. Diante das palavras do zagueiro, o que se espera é o time da casa com mais cautela dentro de campo.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

“O Ceará é uma equipe bem difícil de jogar contra, pois marca muito bem. Teve um pouco de dificuldade no decorrer da competição, mas mudou o treinador, aí muda o ânimo, muda tudo, é um incentivo a mais. É uma equipe que vai vir entusiasmada pela vitória que teve em casa, que foi boa. Então o Ceará vai vir bem fechadinho, marcando forte. Temos de ter tranquilidade e paciência, pois não vamos resolver o jogo em dois minutos. Temos 90 minutos para vencer a partida, buscar os atalhos e conseguir os espaços para vencer, pois o Ceará é uma equipe muito tinhosa, que marca muito bem e sabe jogar a competição”.

Quem também quer ver o Atlético-MG mais tranquilo em casa é o zagueiro Werley . Titular por conta da suspensão de Réver , Werley não quer ser surpreendido pelos contra-ataques do Ceará, que deve vir fechado para jogar nas falhas atleticanas.

“Temos de ter muita atenção, pois não adianta ter três jogos em casa e entrar desesperado querendo ganhar o jogo de qualquer maneira. O time tem de ter tranquilidade, manter uma postura boa, de marcar pressão e sufocar. É ter muita atenção, pois jogar em casa, às vezes, pode ser muito traiçoeiro. É bom, mas às vezes o time adversário vem fechado e faz um gol no contra-ataque. Para tirar é muito difícil”, disse Werley, que também pede paciência ao time para saber furar o bloqueio que o Ceará vai montar na Arena do Jacaré.

“O nosso pensamento está no Ceará, que tem uma equipe boa, tenho certeza que vai nos criar muita dificuldade no domingo. Vamos procurar furar o bloqueio, pois vão vir fechados e marcando atrás da linha da bola. É ter paciência e trabalhar a bola em busca da melhor oportunidade para fazer os gols e vencer o jogo”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.