Tamanho do texto

Expectativa é faturar R$ 15 milhões a mais com a bilheteria, a partir de março, na volta a Belo Horizonte

Sylvio Coutinho/Divulgação
O novo Estádio Independência só vai ser entregue aos clubes de BH em março do ano que vem
Nesse domingo, o futebol de Belo Horizonte completou um ano e cinco meses longe de casa . O retorno para casa ainda vai demorar alguns meses, no mínimo cinco. Precavido, o Atlético-MG já começa a se preparar para mandar jogos no novo Estádio Independência , que só vai receber jogos das equipes da capital a partir de março. Até lá, o Campeonato Mineiro e o começo da Copa do Brasil vão ser disputados na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

Veja também: Atlético-MG aumenta distância para o Z-4. Veja a classificação atualizada

Para o ano que vem, o Atlético-MG vai lançar o plano para sócios-torcedores . No entanto o projeto só deve entrar em vigor durante o Campeonato Brasileiro. Assim, o clube alvinegro já decidiu que vai cobrar R$ 30 no ingresso nos jogos como mandante. O clube trabalha com a expectativa de ter uma média de 20 mil pagantes, já que o Independência vai ter capacidade para 25 mil pessoas.

Leia também: Atlético-MG vai lançar o programa sócio-torcedor na volta a BH

O retorno a Belo Horizonte vai ter um impacto significativo nos cofres do Atlético-MG. E a expectativa da diretoria atleticana é alta. O clube espera fatura algo em torno de R$ 16 milhões com a bilheteria em 2012, o que bateria um recorde do clube, que é de 2009, quando faturou R$ 13,9 milhõe s. Ano passado o Atlético-MG arrecadou R$ 8,4 milhões com ingressos, já que teve o Mineirão até junho. Já em 2011, vai conseguir pouco mais de R$ 2 milhões .

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

Nessa conta já estão as partidas em Sete Lagoas, pois o Campeonato Mineiro vai começar dia 22 de janeiro, a definição ocorre nesta quarta-feira, com o arbitral da competição. Como o Independência ainda não vai estar liberado, o Atlético-MG deve fazer entre cinco e oito jogos na Arena do Jacaré até que retorne para Belo Horizonte, e no ano que vem vai cobrar R$ 10 nos ingressos para as partidas em Sete Lagoas.