Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atlético-MG precisa de vitória para superar a campanha de 2010

Caso não vença o clássico, o primeiro turno de 2011 vai ser o segundo pior do Atlético-MG desde 2003

Victor Martins, iG Belo Horizonte |

Brigando contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro pelo segundo ano consecutivo, o Atlético-MG pode fechar o turno com uma campanha ainda pior do que a que fez nos primeiros 19 jogos do Brasileirão do ano passado. Caso não vença o rival Cruzeiro neste domingo, às 18h, na Arena do Jacaré, a equipe de Cuca termina o turno com um rendimento pior do que o time comandado por Vanderlei Luxemburgo .

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

Em 2010 foram 17 pontos conquistas depois de 19 rodadas. Ex-Cruzeiro, o atacante Guilherme quer marcar seu primeiro clássico com a camisa do Atlético-MG e ajudar o time a melhorar a campanha no Brasileirão. “A gente também não tem explicação, o momento é delicado e está todo mundo trabalhando. Não tem ninguém de brincadeira, de corpo mole. Infelizmente as coisas não têm acontecido de forma positiva, mas a oportunidade está aí, mais uma de poder jogar, de estar ao lado da torcida, de dar o nosso melhor e conquistar os pontos”.

Gazeta Press
Sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, o Atlético-MG fechou o primeiro turno de 2010 com 17 pontos
Para superar o maior rival e conseguir a quinta vitória na competição, o Atlético-MG vai contar com a força da sua torcida. Por conta da venda antecipada, a expectativa é de lotação máxima na Arena do Jacaré . Se em três dos cinco clássicos com torcida única o visitante saiu vencedor, Guilherme não quer saber do retrospecto ruim e diz que o Atlético-MG vai ter de vencer o Cruzeiro.

“Só nossa torcida, fato que não tem dado muito resultado nos outros clássicos, pois nem sempre o mandante venceu. Mas nesse caso vai ter de vencer, pois precisamos dos pontos. Acho que vai ser um clássico emocionante para os torcedores”.

Brasileirão de 2005

Caso não supere o Cruzeiro, o Atlético-MG vai ter o seu segundo pior desempenho no primeiro turno desde que o Brasileirão passou a ser disputado por pontos corridos. Desde 2003, o pior aproveitamento durante o turno foi em 2005, justamente o ano do rebaixamento da equipe alvinegra. Naquele ano o time que foi comandado por Tite nas primeiras 17 rodadas somou apenas 16 pontos em 21 jogos, fechando o turno com 25% de aproveitamento. O Brasileirão de 2005 foi disputado por 22 equipes, por isso cada turno teve 21 partidas.

Leia tudo sobre: Atlético-MGBrasileirão 2011Guilherme

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG