Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atlético-MG pode voltar à zona de rebaixamento em caso de derrota

Para não ficar entre os últimos, time mineiro espera aproveitar a pressão pelo momento ruim do adversário

Victor Martins e Renan Rodrigues, iG Esporte |

A partida contra o Grêmio , nesta quarta-feira, pode recolocar o Atlético-MG dentro da zona de rebaixamento. Em 14º lugar com 14 pontos , em 13 rodadas, o time mineiro pode ser passado pelo próprio Grêmio, pelo Atlético-GO e pelo Santos . Embora a equipe tricolor não esteja fazendo uma grande campanha, dentro do Estádio Olímpico ela tem apenas uma derrota.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time

Para não voltar a figurar entre os quatro último colocados do Brasileirão, basta ao Atlético-MG não ser derrotado. Em caso de novo derrota, vai ser preciso que Santos e Atlético-GO vençam seus adversários, Vasco e Atlético-PR , respectivamente. Os jogadores do Atlético-MG sabem que a missão desta quarta não vai ser nada fácil. Na expectativa de ser titular pela primeira vez , o atacante André espera uma partida complicada, mas acredita que o Atlético-MG tem condição de vencer o jogo.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

“Sabemos que é complicado ganhar do Grêmio lá, ainda mais pela situação que eles estão vivendo, um jogo mais complicado ainda. Mas a expectativa é ir lá e fazer um grande jogo”.

Mas se o Atlético-MG vai entrar em campo pressionado por conta do momento ruim no Campeonato Brasileiro, no Grêmio a pressão é ainda maior. Os gaúchos estão atrás dos mineiros na tabela de classificação e a proximidade com a zona de rebaixamento fez a direção do clube mudar o comando do futebol . Formado por um grupo de jogadores experientes e que vivenciam situação semelhante na Cidade do Galo, o Atlético-MG quer tirar proveito da situação. Titular nas duas últimas rodadas, o zagueiro Lima respondeu que é preciso saber usar a pressão pela qual passa o adversário.

“Usar toda essa pressão que eles estão sofrendo lá em Porto Alegre e fazer disso uma arma nossa. Eles estão sofrendo uma pressão grande lá também, pela tradição e história do clube. É fazer disso um aliado nosso e jogar como jogamos contra o Palmeiras, ficar mais ligado nesses detalhes que vêm decidindo as partidas e fazer disso um fator positivo para a gente no jogo”.

Leia tudo sobre: Atlético-MGBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG