Atacante atleticano disputou 44 partidas em 2011 e não completou nenhuma por ter problema com cãimbras

Importante na reação do Atlético-MG no segundo turno do Campeonato Brasileiro e vice-artilheiro do time na temporada, com 13 gols, o atacante Neto Berola ainda não superou o crônico problema de cãimbras que tem desde o início de carreira. Tanto que o jogador atleticano disputou 44 partidas na temporada e não completou nenhuma. Por conta disso, o atacante alvinegro pode ser levado ao psicólogo para suportar os 90 minutos em campo.

Veja também: Neto Berola comemora gol com homenagem ao ex-atacante Reinaldo

No Atlético-MG desde maio de 2010, o jogador já foi analisado e estudado por preparadores físicos e fisiologistas. Uma fonte revelou ao iG que nada de errado foi encontrado em Neto Berola, o que faz crer que o problema seja apenas psicológico, e não físico. Na pré-temporada, o preparador físico do Atlético-MG, Carlinhos Neves, vai fazer um trabalho especial com Neto Berola. Caso não seja suficiente, o clube pode recorrer a psicólogos, já que o atleta suporta treinos mais intensos do que os jogos e não tem cãimbras.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

Em 74 partidas com a camisa do Atlético-MG, apenas uma vez o atacante ficou em campo os 90 minutos, na derrota para o Palmeiras , pela Sul-Americana de 2010. Na temporada que se encerra, Berola teve de ficar em campo o jogo inteiro apenas uma vez, no empate com o Ipatinga , pelo Mineiro. Mas o camisa 40 não resistiu e abandonou a partida aos 15 minutos do segundo tempo .

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

nullO técnico Cuca já falou da situação que envolve Neto Berola e se mostrou atento aos trabalho feito pela fisiologia atleticana e pelos profissionais que já trabalharam com o atacante. “Quem tem de mudar o conceito é o Berola. Ele tem de pôr na cabeça dele que tem condição de jogar 90 minutos. A gente pode dar a oportunidade como eu tenho dado para ele, como dou para o Bernard , e o Bernard joga os 90 minutos, porque ele tem essa condição, às vezes é muito dele”, disse o treinador atleticano, que fez de Berola o seu titular. “Vamos trabalhar bem a cabeça dele, porque é um jogador muito importante para nós”.

Leia também: Triguinho renova e fica no Atlético-MG por mais uma temporada

Das 19 partidas do Atlético-MG no segundo turno, Neto Berola foi titular em dez. As oportunidades dadas por Cuca são uma motivação para que o atacante se empenhe ainda mais em 2012 e, enfim, consiga ser um jogador capaz de suportar os 90 minutos dentro do campo . Em 74 jogos pelo clube alvinegro, somente 26 vezes o atacante foi titular .

“Foi muito melhor (segundo turno), o Cuca me deu oportunidades quando chegou e eu fui feliz em agarrar as chances que tive. Ele vem sempre me orientando e falando comigo. Fui feliz e pude ajudar o time, espero que ano que vem seja melhor”, disse em entrevista à Rádio Itatiaia .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.