Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atlético-MG pode ter André e Guilherme juntos pela primeira vez

Contratados por quase R$ 19 milhões, atacantes ainda não tiveram a oportunidade de atuarem no mesmo jogo

Victor Martins, iG Belo Horizonte |

Um mês depois da apresentação do atacante André , o Atlético-MG pode ter a sua dupla de ataque considerada titular. Apesar de já ter disputado seis partidas pelo clube mineiro, André ainda não teve a oportunidade de jogar ao lado de Guilherme . O jogo contra o Coritiba , que seria o primeiro da dupla, ficou marcado pela entrada de Guilherme na vaga no contundido André.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time

Neste sábado, contra o Botafogo , o técnico Cuca não tem empecilhos para escalar o ataque que custou quase R$ 19 milhões ao Atlético-MG, cerca de 70% do valor investido pelo clube em contratações na temporada 2011. E a possível nova formação ofensiva chega num momento importante, já que o time alvinegro está dentro da zona de rebaixamento. Para Guilherme, o time está no caminho certo, apesar de ter perdido as últimas quatro partidas.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

“Acho que estamos no caminho certo, estamos começando a assimilar o trabalho do Cuca, nesse jogo a gente já viu isso”, disse Guilherme, que deseja ver o Atlético-MG com a mesma postura do primeiro tempo da partida contra o Corinthians .

“Tem que pegar de como exemplo o primeiro tempo contra o Corinthians. Talvez tenha sido um dos melhores 45 minutos que fizemos no campeonato. É ter paciência, trabalhar. Raça e determinação sempre tivemos. A postura é aguerrida, de determinação. Mesmo tendo perdido o jogo, não faltou nada disso”.

Apesar de chegarem ao Atlético-MG através do Dínamo de Kiev, André e Guilherme jogaram juntos apenas duas vezes na Ucrânia. O entrosamento é maior fora de campo do que dentro. E é a organização atleticana fora de campo que Guilherme quer levar para as partidas, já que o clube dá todas condições aos jogadores mas vive um momento ruim.

“Nem tudo se explica. O que vivemos hoje aqui é uma situação dessas, de coisas que não tem explicação. Temos estrutura, salário em dia, jogadores de qualidade. Aí, quando não vem o resultado, se questionam várias coisas. Estamos no caminho certo, começando a assimilar o que o Cuca quer. O jogo contra o Corinthians já foi melhor e a tendência é que o outro seja melhor ainda”.

Leia tudo sobre: Atlético-MGBrasileirão 2011AndréGuilherme

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG