Com 731 faltas cometidas no Campeonato Brasileiro, Coritiba é o time mais violento da atual edição

Flickr/Clube Atlético Mineiro
O goleiro Felipe tentou chegar, mas não conseguiu defender a falta cobrada por Daniel Carvalho
O meia Daniel Carvalho tem participação direta em 40% dos gols do Atlético-MG neste segundo turno do Campeonato Brasileiro. Mesmo assim o técnico Cuca não lamentou a suspensão do jogador , que recebeu cartão amarelo contra o Figueirense e está fora da partida desta quinta-feira, contra o Coritiba .

Tenha as estatísticas no seu iPhone e faça comparações entre times e jogadores

Não bastasse a ausência de seu principal criador de jogadas, o Atlético-MG perdeu seu cobrador de faltas justamente contra a equipe mais violenta do Campeonato Brasileiro. Apesar de impressionar pelo toque de bola e pela velocidade de seus jogadores, como os meias Davi e Rafinha , o Coritiba é o time que mais faz faltas no Brasileirão.

Veja também: Atlético-MG mantém distância para o Z-4. Veja a classificação atualizada

De acordo com os números do Footstats , o Coritiba já cometeu 731 faltas em 34 partidas, uma média de 21 por jogo. Como comparação, o segundo time mais violento é o América-MG , mas com 686 faltas cometidas, 45 menos do que os paranaenses. O Atlético-MG ocupa a 11ª colocação do ranking, com 599 infrações. Já o time menos violento é o Flamengo , com 543 faltas cometidas. Os jogadores mais faltosos do Coritiba são Jonas , Bill e Léo Gago , com 69, 67 e 65 faltas feitas, respectivamente.

Leia também: Cuca minimiza ausência do meia Daniel Carvalho contra o Coritiba

Como jogou pouco neste Brasileiro, Daniel Carvalho marcou apenas um gol de falta, o único do Atlético-MG na competição, contra o Flamengo, no empate em 1 a 1 . Ele ainda acertou a trave de Internacional e Grêmio . Sem poder contar com seu principal batedor, o técnico Cuca deve recorrer aos volantes Serginho e Fillipe Soutto , os responsáveis pela bola parada quando Daniel não está em campo.

null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.