Tamanho do texto

Através do Twitter, Alexandre Kalil rechaça qualquer possibilidade de ajudar o maior rival nesse momento

Durante a semana que antecedeu um dos clássicos mais importantes entre Atlético-MG e Cruzeiro , muito se falou sobre possíveis acordos para salvar o time celeste do rebaixamento. Associação por conta do mesmo patrocinador , interesses políticos e até mesmo a mala preta tomaram conta das conversas entre os torcedores.

Veja também: Atlético-MG não corre risco de rebaixamento. Veja a classificação

Para acabar com qualquer hipótese ou teoria, o presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, acionou o seu Twitter. “Entregar o jogo para o Cruzeiro?! Tem gente achando que eu sou algum vagabundo?”, colocou o mandatário atleticano no seu microblog. Kalil já tem mais de 110 mil seguidores.

Leia também: Para rebaixar o Cruzeiro, Atlético-MG mira a Copa Sul-Americana

Antes mesmo do dirigente, o técnico Cuca e os jogadores já tinham deixado claro que o Cruzeiro não vai ter vida fácil dentro de campo. O treinador do Atlético-MG usa até a família para mostrar como sua equipe está preparada para o clássico que pode rebaixar o maior rival alvinegro.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

“Futebol é o nosso ganha pão, a nossa vida. Não tem como você entrar representando sua família, seu torcedor, seu clube e não dar o máximo. Vou dar o máximo, mas não por querer o mal de alguém, mas por querer nosso bem ”, disse Cuca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.