Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atlético-MG joga mal e consegue somente o empate com o Ipatinga

Time do técnico Dorival Júnior faz péssimo primeiro tempo, mas se recupera no segundo e consegue um ponto

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Ipatinga e Atlético-MG empataram em 2 a 2, um resultado que foi bom para os donos da casa e ruim para o time de Dorival Júnior. Com gols de Alessandro e Thiago Santos, o Ipatinga conseguiu deixar a zona de rebaixamento com o ponto conquistado. Já o Atlético-MG marcou com Neto Berola e Renan Oliveira, mas o empate o deixa distante dos líderes Cruzeiro e América-MG, que estão com 16 pontos, três a mais do que o time alvinegro.

Futura Press
Richarlyson disputa bola no empate contra o Ipatinga

O jogo

Com três minutos o Ipatinga já ameaçava o gol de Renan Ribeiro. Luizinho cobrou escanteio e Réver quase marcou contra, mas a bola bateu no travessão. E foi assim que seguiu quase toda a primeira etapa. O Ipatinga pressionava, o Atlético-MG errava, mas o gol não saía.

Thiago Santos teve ótima oportunidade para abrir o placar, depois de saída errada de Réver, mas foi travado por Richarlyson. Depois foi a vez de Werley travar Alessandro, também dentro da área. Com os meias apagados e o ataque pouco produtivo, o Atlético-MG não conseguiu sair da defesa. Por outro lado, faltava qualidade ao Ipatinga, que não conseguiu chutar dentro do gol.

Aos 25 minutos o Atlético-MG até que marcou um gol. Neto Berola recebeu de Ricardinho e bateu na saída do goleiro Raniere. No entanto, o atacante atleticano dominou a bola com a mão e teve o gol anulado. Ele ainda recebeu o cartão amarelo. Para complicar a situação atleticana, Zé Luis passou mal e deixou o jogo.

Aos 36 minutos foi a vez do Ipatinga chegar perto do gol. Alessandro ficou sozinho com Renan Ribeiro, mas chutou por cima do gol. Mas dois minutos depois o atacante do Ipatinga mostrou oportunismo e marcou depois que o goleiro Renan Ribeiro rebateu um chute de Léo Medeiros.

O primeiro tempo do Atlético-MG foi tão ruim, que a melhor oportunidade de gol foi com o zagueiro Eron, do Ipatinga. O defensor tentou cortar cruzamento de Serginho e só não marcou contra por conta de boa defesa de Raniere.

Com o time mal e perdendo por 1 a 0, o técnico Dorival Júnior gastou as duas substituições ainda tinha direito. Entraram Wesley e Jobson, que deram outra movimentação ao time do Atlético-MG. Tanto que os dois participaram da jogada que resultou no gol de empate, de Neto Berola, logo no primeiro minuto do segundo tempo.

A virada quase veio dois minutos depois. Berola recebeu dentro da área e chutou por cima do gol. Mas a resposta ipatinguense foi imediata e Thiago Santos colocou os donos da casa na frente, aos quatro minutos. No lance seguinte o Atlético-MG esteve perto de empatar de novo, mas Raniere fez boa defesa em chute de Wesley.

Em vantagem no placar e deixando a lanterna, o Ipatinga segurava o jogo. Já o Atlético-MG tinha dificuldade para chegar. O gol de empate só foi sair aos 32 minutos, com Renan Oliveira. O meia passou pelo goleiro, depois de receber um excelente passe de calcanhar do zagueiro Réver.

O Atlético-MG ainda esteve perto de virar, mas Wesley acertou o travessão. O time de Dorival Júnior pressionou nos minutos finais, dando espaço para os contra-ataques do Ipatinga, que não aproveitou nenhum. Assim, Ipatinga e Atlético-MG empataram em 2 a 2.

Na próxima rodada o Atlético-MG recebe o Villa Nova, no domingo, às 16h, na Arena do Jacaré. No mesmo dia e horário, o Ipatinga vai até Poços de Caldas, enfrentar a Caldense.

FICHA TÉCNICA – IPATINGA 2 X 2 ATLÉTICO-MG
Local:
Estádio Ipatingão , em Ipatinga-MG
Data: 13 de março de 2011, domingo
Horário: 16h (horário de Brasília)
Renda: R$ 129.195,00
Público: 7.617 pagantes
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Celso Luiz da Silva
Cartões Amarelos: Alessandro, Max, Eron, Marinho Donizete, Raniere, Élder e Rodrigo Antônio (IPA); Neto Berola, Richarlyson, Serginho, Réver e Ricardinho (CAM)
GOLS:
IPATINGA: Alessandro, aos 36 minutos do primeiro tempo e Thiago Santos, aos 4 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-MG: Neto Berola, a 1 minuto do segundo tempo e Renan Olveira, aos 32 minutos do segundo

IPATINGA: Raniere; Luizinho, Eron (Vágner), Max e Marinho Donizete; Leanderson, Rodrigo Antônio, Leandro Brasília e Léo Medeiros (Élder); Alessandro e Thiago Santos (William Júnior). Técnico: Guilherme Alves
ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Serginho, Réver, Werley e Leandro (Wesley); Zé Luís (Toró), Richarlyson, Ricardinho e Renan Oliveira; Neto Berola e Ricardo Bueno (Jobson). Técnico: Dorival Júnior

Leia tudo sobre: Atlético-MGCampeonato Mineiro 2011Ipatinga

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG