Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atlético-MG espera dificuldades contra o desesperado Ipatinga

Mudança de treinador pode motivar time do Vale do Aço, que está na zona de rebaixamento do Estadual

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

Divulgação
Réver acredita que a chegada de Guilherme ao Ipatinga pode empolgar a torcida do Vale do Aço
O próximo duelo do Atlético-MG pelo Campeonato Mineiro é contra o Ipatinga, no dia 13, no Vale do Aço. O adversário passa por uma situação complicada no Estadual, na zona de rebaixamento e ainda sem vencer na competição. Entretanto, para os jogadores do Atlético isso só torna a partida ainda mais delicada, já que o rival vai encarar o duelo como uma decisão.

Com apenas dois pontos no Campeonato Mineiro, o Ipatinga amarga uma campanha desesperadora: dois empates e três derrotas até aqui. O jovem armador Renan Oliveira, do Atlético, acredita que isso não torna a tarefa atleticana mais simples. “Muito pelo contrário, até pela situação em que eles se encontram. Eles se classificaram na Copa do Brasil e chegarão com novo ânimo para o duelo contra o Atlético”, disse o jovem Renan Oliveira, que afirmou que já torceu muito para o novo técnico do adversário, Guilherme Alves, na época em que ele defendia o Atlético.. O Ipatinga passou da primeira fase na Copa do Brasil ao eliminar o Rio Branco, do Espírito Santo.

Para Ricardinho, os times do interior entram com um gás a mais quando encaram os grandes da capital. E uma vitória sobre o Atlético pode servir para motivar o elenco a deixar a zona de rebaixamento. “Temos que aproveitar esses dias de folga e voltar treinando forte. Não estão bem na tabela, mas com a chegada do Guilherme se classificaram na Copa do Brasil. Vão usar esse jogo contra o Atlético para dar uma virada nessa má sequência”, disse o experiente meio-campo.

O capitão Réver acredita que a chegada de Guilherme ao comando do time adversário pode incentivar a presença do torcedor no estádio Ipatingão. “O torcedor vai comparecer, é um incentivo a mais. Mas sabemos que treinador não entra em campo e quem resolve a parada são os jogadores”, concluiu.
 

Leia tudo sobre: Atlético-MGCampeonato Mineiro 2011Ipatinga

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG