Tamanho do texto

Depois de somar 15 pontos no primeiro turno, time mineiro pode chegar aos 12 nos jogos do segundo turno

Com três vitórias em quatro partidas do segundo turno, o Atlético-MG t enta manter o bom momento no Campeonato Brasileiro neste sábado, diante do Atlético-GO , às 18h, no Serra Dourada, em jogo válido pela 24ª rodada da competição. Os três pontos são fundamentais para o time do técnico Cuca , que pode voltar para a zona de rebaixamento caso não vença o xará goianiense.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

Por isso, o Atlético-MG abre mão do esquema com dois meias para ter três volantes em campo. A dúvida está sobre o aproveitamento de Richarlyson , que não embarcou para Goiânia na manhã de sexta e chegou à cidade somente à noite. Assim, Mancini e Dudu Cearense disputam a vaga no meio, caso uma punição seja mesmo confirmada para o camisa 20.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

Mas quem já está certo na partida é o volante Fillipe Soutto . Foi no Serra Dourada e contra o Atlético-GO que o jovem jogador do Atlético-MG conseguiu a primeira vitória como profissional. Ele espera repetir a dose, mas alerta para a qualidade do adversário, que já venceu outros gigantes do futebol brasileiro.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

Guilherme vai ser o centroavante do Atlético-MG na partida contra o Atlético-GO, no Serra Dourada
Flickr/Clube Atlético Mineiro
Guilherme vai ser o centroavante do Atlético-MG na partida contra o Atlético-GO, no Serra Dourada
“O Atlético-GO mostrou que tem uma boa equipe e conseguiu resultados precisos. Mas também temos um grande time e vamos com totais condições de conquistar uma vitória. Nosso pensamento é sair com os três pontos. Queremos aperfeiçoar as qualidades e corrigir as falhas para voltarmos a ter um time respeitado no campeonato”.

Veja como foi o duelo entre os Atléticos Mineiro e Goianiense no primeiro turno

Outro que está confirmado por Cuca é o atacante Guilherme . Com Magno Alves e André vetados, o jogador mais caro da história do clube tenta mostrar que os R$ 14 milhões gastos em sua compra não foram um erro do presidente Alexandre Kalil. Dos dois gols que marcou pelo Atlético-MG, o primeiro foi contra o Atlético-GO. Diante de boas lembranças, Guilherme espera embalar e crescer junto da equipe.

“Atacante vive de gols e de oportunidades, espero que a minha boa fase venha junto com a do clube. É uma dificuldade que todo jogador passa, quem voltou (do futebol europeu) também viveu com isso, mas eu estou tranquilo, sei que a minha boa fase pode voltar”.

FICHA TÉCNICA – ATLÉTICO-GO X ATLÉTICO-MG
Local:
Serra Dourada (MG)
Data: 17 de setembro de 2011, sábado
Horário: 18h (de Brasília)
Árbitro: Paulo César Oliveira (SP)
Assistentes: Emmerson Carvalho (SP) e Thiago Brígido (CE)

ATLÉTICO-GO: Márcio; Adriano, Anderson, Leonardo e Thiago Feltri; Agenor, Ernandes, Bida e Vitor Júnior; Juninho e Anselmo.
Técnico: Hélio dos Anjos.

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Serginho, Réver, Leonardo Silva e Triguinho; Pierre, Fillipe Soutto, Richarlyson (Dudu Cearense) e Daniel Carvalho; Neto Berola e Guilherme.
Técnico: Cuca.