Vencedor no jogo deste domingo, no Ipatingão, vai dar um salto importante na classificação do Brasileiro

Atlético-MG e Vasco se enfrentam neste domingo, às 16h, no Ipatingão, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em campo dois times distantes na classificação, mas com o mesmo objetivo: dar um salto na tabela. Já classificado para a Copa Libertadores do ano que vem, o Vasco precisa se manter entre os primeiros colocados, para ter chance de lutar pelo título. Já o Atlético-MG quer abandonar de vez a parte de baixo da classificação e passar a sonhar com uma vaga na competição sul-americana.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

Para mudar o momento do time na competição, com quatro derrotas em cinco jogos, a diretoria atleticana decidiu levar a partida para o Ipatingão. Além de ter um bom retrospecto no Vale do Aço, com 16 vitórias e somente quatro derrotas, o Atlético-MG vai contar com a força de sua torcida , que esgotou todos os ingressos em menos de dois dias de venda antecipada.

Siga o iG Vasco no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

“O torcedor tem que esperar sempre o nosso melhor, precisa sair do estádio satisfeito. Temos que ser um time lutador e buscar a vitória”, disse o meia Daniel Carvalho , que vai ser titular do Atlético-MG pela sétima vez consecutiva no Brasileirão.

Entre para a Torcida Virtual e chame seus amigos

No Vasco, as ausências de Felipe e Juninho são bastante lamentadas por Ricardo Gomes . “Perder Felipe e Juninho ao mesmo tempo é ruim, porque perde-se talento, perde-se experiência. Mas o futebol é assim. Precisamos dar uma segurada no Juninho. Ele não teve férias e lá na frente vamos ter uma intensa maratona. Se não se poupar agora, poderá se complicar no futuro. Estamos ainda em julho, temos muito campeonato pela frente”, esclareceu Ricardo Gomes, que escalou Diego Souza e Julinho na equipe titular.

Atlético-MG não perde para o Vasco desde 2008. Ano passado venceu por 2 a 1 (foto) e emaptou em 1 a 1
Flickr/Clube Atlético Mineiro
Atlético-MG não perde para o Vasco desde 2008. Ano passado venceu por 2 a 1 (foto) e emaptou em 1 a 1
Além de marcar o reencontro dos irmãos Alecsandro e Richarlyson , vai ser a primeira vez que Diego Souza vai enfrentar o Atlético-MG, depois da passagem frustrada pela Cidade do Galo. Porém, o camisa 10 do Vasco não trata a partida como especial. “Não há nada de especial. Gosto muito do clube, sempre fui respeitado e valorizado lá. Mesmo sem ser aproveitado, tive o respeito da diretoria. Meu relacionamento com o presidente Alexandre Kalil é maravilhoso. Vou enfrentar o Atlético-MG com a mesma dedicação de um jogo qualquer”, disse Diego Souza, que vai receber uma atenção especial dos ex-companheiros.

“O Diego é um grande jogador que é e infelizmente não deu tão certo no Atlético. Sabemos da qualidade que eles têm, e temos que marcar ele e toda a equipe do Vasco”, comentou o volante Serginho .

Depois da derrota para o Santos , o Atlético-MG teve uma semana inteira de treinamentos. Segundo Dorival Júnior, o tempo foi muito bom para o elenco mudar postura. De acordo com o treinador atleticano, todos os jogadores se mostraram mais vibrantes nos treinos, o que ele espera uma repetição durante a partida.

“Faltava essa vibração nos treinos. Espero que encontremos o quanto antes esse momento. O atleta é questionado em todos os aspectos, ele faz ao vivo e o lado emocional tem um peso muito grande. Espero que seja o primeiro passo para uma mudança”.

FICHA TÉCNICA – ATLÉTICO-MG X VASCO
Local:
Ipatingão (MG)
Data: 24 de julho de 2011, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Assistentes: Moisés Aparecido de Souza (PR) e Anderson J.M.Coelho (SP)

ATLÉTICO-MG: Giovanni; Richarlyson, Leonardo Silva e Réver; Patric, Serginho, Caio, Daniel Carvalho e Guilherme Santos; Magno Alves e Jonatas Obina.
Técnico: Dorival Júnior.

VASCO: Fernando Prass; Fágner, Dedé, Anderson Martins e Márcio Careca; Rômulo, Eduardo Costa, Julinho e Diego Souza; Alecsandro e Eder Luis.
Técnico: Ricardo Gomes.

* Com Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.