Atlético-MG joga favoritismo para o Botafogo, que espera por uma partida bastante complicada no Ipatingão

Atlético-MG e Botafogo se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h50, pela primeira fase da Copa Sul-Americana. A partida no Ipatingão vai ser especial para os mineiros, já que vai ser a primeira sob o comando do técnico Cuca , contratado pelo clube na madrugada de segunda-feira. O novo treinador chega com a missão de superar um adversário qualificado, que atravessa bom momento no Brasileirão .

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time

Flickr/Clube Atlético Mineiro
Cuca estreia pela Atlético-MG contra o Botafogo, clube que comandou por quase três anos
Conhecedor profundo do Botafogo, clube que comandou por bastante tempo, até participando de confrontos marcantes com o Atlético-MG, Cuca lembra é de sua passagem pelo Fluminense para inspirar sua equipe. O treinador foi finalista da Copa Sul-Americana em 2009 e deseja ir mais longe em 2011. “No segundo semestre de 2009, no Fluminense, tivemos aquela recuperação fantástica no Campeonato Brasileiro, aliada à quase conquista da Sul-Americana. Aqui, a gente quer ir até onde puder nessa competição e Deus queira que a gente possa ir até o fim”, comentou o novo treinador do Atlético-MG, que muda a equipe para enfrentar o Botafogo .

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

Com 15 pontos e no 14º lugar, o time atleticano está dez pontos atrás do Botafogo, que está em sexto pode entrar no G4 na próxima rodada. Apesar de ser o começo de outra competição, o zagueiro Leonardo Silva joga o papel de favorito para a equipe carioca, mas segue confiante em no triunfo do Atlético-MG.

Siga o Twitter do iG Botafogo e receba notícias do time em tempo real

“Já foi provado que favoritismo não ganha jogo. Eles vêm em uma sequência melhor, vem de vitória. Pelas circunstâncias, é um time que pode ser considerado favorito, mas resolvemos a partida em campo. É um clássico nacional, onde vamos procurar fazer nosso trabalho e vai ser decidido em campo. Botafogo está bem no Brasileiro, mas é outra competição”.

Marcelo Mattos (esquerda) atuou na vitória do Botafogo sobre o Atlético-MG, por 2 a 0, pelo Brasileiro de 2010
Flickr/Clube Atlético Mineiro
Marcelo Mattos (esquerda) atuou na vitória do Botafogo sobre o Atlético-MG, por 2 a 0, pelo Brasileiro de 2010
Embalado pela boa goleada de 4 a 0 sobre o Vasco no último domingo, o Botafogo faz mistério para a estreia na Sul-Americana. Apesar do discurso de valorizar a competição internacional, o técnico Caio Júnior deixou três titulares no Rio de Janeiro , se recuperando para a partida do próximo sábado, contra o América-MG , às 21h, no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro. O volante Renat o , o lateral-esquerdo Cortês e o meia Elkeson não viajaram, mas além deles, outros jogadores podem ser poupados, como o zagueiro Antônio Carlos . Porém, o técnico Caio Júnior prefere adotar a tática do suspense e só revelará o time minutos antes da partida. O técnico do Botafogo pede atenção com a dupla de ataque da equipe mineira e destaca que a mudança no comando pode levar ânimo ao time.

"O adversário vive momento difícil, com mudança de treinador, não vamos dar de bandeja a escalação. Será uma partida complicada. Os jogadores vão querer mostrar serviço para o treinador, isso sempre dá uma motivação, um ânimo extra aos atletas. Além disso, acho que os dois atacantes são o ponto alto do Atlético-MG. O Magno Alves é muito inteligente, era meu adversário lá no Catar e sempre chamou atenção pela habilidade e posicionamento. O André voltou para o Brasil e todo jogo está fazendo gol. São dois atacantes de alto nível que a qualquer momento podem engrenar. Temos que ter cuidado", declarou o treinador.

Para o volante Marcelo Mattos , além do título, a competição pode servir como um 'laboratório' para os mais jovens, visando uma disputa de Copa Libertadores. "Acho que temos que jogar normal as duas competições, sem priorizar. Fora essa pequena mudança pela parte física de alguns jogadores, os que irão entrar, estão em um nível muito bom, vão manter a qualidade. Essa competição para alguns jogadores é uma experiência, como se fosse uma primeira Libertadores. Saber jogar contra equipes da Argentina, Paraguai, Uruguai é importante. E é um titulo a mais para o Botafogo, que ainda não conquistou esse torneio", disse o volante do Botafogo.

FICHA TÉCNICA – ATLÉTICO-MG X BOTAFOGO
Local:
Ipatingão (MG)
Data: 10 de agosto de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Carlos Berkenbrock (Fifa-SC)

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro (Giovanni); Patric, Réver, Leonardo Silva e Guilherme Santos; Richarlyson, Serginho, Toró e Caio; Magno Alves e André.
Técnico: Cuca.

BOTAFOGO : Jefferson, Lucas, Fábio Ferreira (Antônio Carlos), Gustavo e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Lucas Zen, Maicosuel e Felipe Menezes; Herrera e Loco ABreu.
Técnico : Caio Júnior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.