Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atlético-MG e Atlético-PR fazem primeira final pela sobrevivência

Dentro da zona de rebaixamento, xarás precisam dobrar para evitar o rebaixamento no Campeonato Brasileiro

Victor Martins, iG Belo Horizonte |

A reta final do Campeonato Brasileiro começa nesta quarta-feira para Atlético-MG e Atlético-PR , às 20h30, na Arena do Baixada. Apesar de ainda faltarem 19 rodadas para o término do Campeonato Brasileiro, as duas equipes vão jogar cada partida como se fosse a última , na luta pela sobrevivência na Série A. A distância entre os dois times é de apenas três pontos , e além dos nomes, ambos têm as campanhas ruins no primeiro turno como igualdade. Para escapar da cada, os dois clubes precisam praticamente dobrar o aproveitamento que tiveram no primeiro turno.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

Num momento menos complicado do que o xará de Minas Gerais, o Atlético-PR conta com o fator casa para fase diferença no confronto direto. Apesar de ter apenas a 15ª melhor campanha como mandante, o time paranaense cresceu desde a chegada do técnico Renato Gaúcho . Além disso, o confronto entre Atléticos na Arena da Baixada é de ampla vantagem para o time local. São sete vitórias contra apenas duas derrotas.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

O desempenho como visitante é mais um obstáculo para o Atlético-MG. Além de ter jogado bem em pouquíssimas partidas, o time de Cuca precisa vencer em Curitiba, assim como fez em 2003 e 2009, para não se complicar ainda mais no Brasileirão. “O Atlético-PR é uma equipe que dentro de casa é forte, sabemos das dificuldades que vamos ter na Arena da Baixada. Estamos cientes da responsabilidade que temos, é um jogo de seis pontos. É um jogo de seis pontos e a gente sabe que devemos fazer o máximo para começar o segundo turno com vitórias, para sairmos dessa situação o mais rápido possível”, disse o meia Daniel Carvalho , que volta a ser titular do Atlético-MG nesta quarta-feira e espera uma partida com clima de final.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

“Os próximos quatro jogos são clássicos e são concorrentes diretos. Temos de tentar somar o maior número de pontos possíveis. Se começarmos o segundo turno com uma vitória no jogo contra o Atlético-PR é importante, um grande começo. A gente tem de encarar cada jogo como uma final”.

Veja como foi o duelo entre os Atléticos Mineiro e Paranaense no primeiro turno

Futura Press
Renato Gaúcho tem muitos problemas para armar o time do Atlético-PR para a decisão com o Atlético-MG
Mudado mais uma vez, o Atlético-MG vai ter uma formação nova com o técnico Cuca. Bernard vai ser o meia pela direita e Daniel Carvalho pela esquerda, enquanto Mancini volta a jogar como lateral-direito depois de nove anos. O treinador vai fazer uma linha de quatro homens no meio-de-campo. Sem tempo para treinar, a solução encontra pelo técnico foi conversar com o time para ajustar os detalhes para o jogo contra o Atlético-PR, que também tem muitos problemas.

O técnico Renato Gaúcho não poderá contar com sete jogadores, porém, somente dois estão atuando regularmente. O zagueiro Manoel e o lateral-direito Edilson levaram o terceiro cartão amarelo no clássico com o Coritiba e estão suspensos. Já os atacantes Guerrón e Nieto foram liberados pelo DM, mais ainda precisam de tempo para recuperar a forma física. Além deles, o meia Paulo Baier voltou a sentir dores na coxa e segue em tratamento, junto com o atacante Morro Garcia , com uma lesão no pé, e o meia Branquinho , que será submetido a uma cirurgia no púbis e está fora do time no restante do ano.

Em relação à equipe que começou o clássico do último sábado, Renato deve escalar Wagner Diniz na direita e Gustavo Araújo na defesa. Já comparado com o time do primeiro turno, que perdeu para o Atlético-MG, em Minas, por 3 a 0, os únicos remanescente são o goleiro Renan Rocha , o lateral-esquerdo Paulinho e os volantes Deivid e Cléber Santana .

"O entrosamento foi o problema. Vários jogadores chegando, que não se encaixam o mais rápido possível. O treinador, às vezes, quer usar o jogador de um jeito, outro quer de outro jeito", disse o volante e capitão Cléber Santana.

FICHA TÉCNICA – ATLÉTICO-PR X ATLÉTICO-MG
Local:
Arena da Baixada (PR)
Data: 31 de agosto de 2011, quarta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Braghetto (SP)
Assistentes: Vicente Romano Neto e Fábio Rogério Baesteiro (SP)

ATLÉTICO-PR: Renan Rocha; Wagner Diniz, Gustavo, Fabrício e Paulinho; Deivid, Kleberson, Cléber Santana, Marcinho e Madson; Edigar Junio.
Técnico: Renato Gaúcho.

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Mancini, Réver, Leonardo Silva e Richarlyson; Pierre, Fillipe Soutto, Bernard e Daniel Carvalho; Guilherme e André.
Técnico: Cuca.

Leia tudo sobre: Atlético-MGBrasileirão 2011Atlético-PR

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG