Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atlético-MG corre contra o tempo para dar mais reforços a Dorival

Depois de contratar 18 jogadores, time mineiro quer mais até o fechamento da janela de transferências

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Daqui uma semana fecha a janela para transferências internacionais. Passadas três semanas, o Atlético-MG ainda não conseguiu fazer nenhuma contratação, embora seja uma promessa do presidente Alexandre Kalil . O clube chegou a conversar com o meia Diego , mas a pedida salarial assustou e o clube mineiro saiu da jogada. Embora já tenha contratado 18 jogadores em 2011, o Atlético-MG quer pelo menos mais três reforços.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Embora não fale em nomes, a diretoria atleticana não esconde as posições. Um lateral-direito, um meia e um centroavente são os alvos. Como de costume, o Atlético-MG não confirma negociação com nenhum nome especulado . O atacante André, ex-Santos, é o nome mais comentado no momento. “Claro que virão mais jogadores, vamos contratar mais três nomes. Nós estamos buscando um atacante, um meia-atacante e um lateral-direito, pois só temos o Patric para essa posição”, explicou o diretor de futebol do Atlético-MG, Eduardo Maluf.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

Flickr/Clube Atlético Mineiro
Numeroso elenco do Atlético-MG, que conta com 38 atletas, deve receber pelo menos mais três jogadores
No fechamento da primeira janela, em abril, Dudu Cearense foi contratado em cima da hora . Por conta do prazo, a tendência é que o Atlético-MG registre algum jogador nas últimas horas do limite estipulado pela CBF. Apesar da necessidade em reforçar a equipe, Eduardo Maluf descarta fazer qualquer titulo de loucura nesse momento. “Mas as coisas não são fáceis. Há uma semana o pai do Diego veio aqui, mas a pedida foi muito alta. Não vamos fazer loucuras. Nós buscamos dois ou três reforços, estamos trabalhando para reforçar o grupo”.

A cautela para contratar até a semana que vem se explica através dos reforços que chegaram em 2011. Alguns jogadores não renderam o esperado e a diretoria do Atlético-MG não esconde que cometeu alguns erros, embora não aponte quais. Para Eduardo Maluf, o importante é terminar a temporada com um número de acertos maior do que de erros.

“Estamos avaliando um momento ruim numa competição que tem 20% dos jogos. Quero responder para vocês no final do ano. Que nós erramos em algumas contratações, acredito que sim. Não vamos acertar em todas. Agora, eu quero chegar lá na frente e falar que nós erramos menos e acertamos mais. Essa é a minha função”, explicou o diretor de futebol do Atlético-MG, que divide com Kalil e Dorival Júnior a responsabilidade na montagem do grupo de 2011.

“Sempre que vocês me perguntam sobre jogador para buscar no aeroporto, eu falo que não quero jogador de aeroporto, quero jogador que entre e jogue. Esse é o jogador que deu certo. A responsabilidade pela escolha do elenco é minha, do presidente Alexandre Kalil e do Dorival”.

Leia tudo sobre: Atlético-MGBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG