Tamanho do texto

Equipe mineira jamais foi eliminada no primeiro confronto, embora tenha perdido em duas das 21 estreias

Além do Atlético-MG , só o Vitória-BA esteve em 21 das 22 edições da Copa do Brasil. Se a equipe mineira ainda não conquistou nenhum título do torneio, também não foi eliminada na primeira fase da competição. Pior para o IAPE-MA, rival do Atlético-MG na 23ª edição da Copa do Brasil. Os dois times se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h50, no Estádio Nhozinho Santos, em São Luis.

Embora não tenha caída ainda na primeira fase, em duas vezes o Atlético-MG perdeu na estreia da Copa do Brasil, em 2002 e 2004. A primeira derrota em estreia foi para o Juvetude-MT, por 2 a 1. Na partida de volta, no Mineirão, o Atlético-MG venceu por 2 a 0 e avançou. Dois anos depois foi a vez da Catuense-BA bater o time mineiro por 4 a 2. O Atlético-MG goleou no jogo de volta, por 5 a 1, e confirmou mais uma classificação na fase inicial da Copa do Brasil.

Considerando as 22 participações atleticanas no torneio, já com a edição 2011, o Vila Nova-GO foi o time que mais vezes enfrentou o Atlético-MG na estreia. Em 1990 foi o primeiro encontro, com empate sem gols em Goiânia e goleada mineira por 5 a 0 em Belo Horizonte. Nos duelos em 1994 e 1996 foram quatro triunfos do Atlético-MG.

Zebras na primeira fase

A fórmula da Copa do Brasil proporciona surpresas incríveis para os grandes clubes brasileiro. O próprio Atlético-MG tem algumas eliminações que ficaram marcadas no torcedor, como a queda para o Brasiliense, em 2002, na semifinal.

Porém, outros gigantes foram surpreendidos logo na primeira fase. O caso mais famoso e recente é do Palmeirias diante do ASA-AL. A equipe paulista era comandada por Vanderlei Luxemburgo e caiu depois de um empate e uma derrota, na primeira fase.

Em 1994 o Fluminense foi eliminado pelo Linhares-ES, depois de empates, por 1 a 1 e 2 a 2. Já em 1997 foi a vez do Cruzeiro, então atual campeão da Copa do Brasil, cair diante do Santa Cruz. Empate em 1 a 1, no Recife, e derrota por 1 a 0 no Mineirão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.