Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atlético-MG bate o Palmeiras e se afasta da zona da degola

Rodada foi perfeita para os atleticanos, que já abrem quatro pontos da zona de rebaixamento

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

O Atlético-MG conseguiu uma vitória crucial na luta contra o rebaixamento nesse domingo. O time mineiro bateu o apático Palmeiras por 2 a 1 diante de sua torcida e subiu duas posições na classificação, ultrapassando o Bahia e o maior rival Cruzeiro. Os gols atleticanos foram marcados por Neto Berola e Fillipe Soutto, enquanto Luan descontou já no final da partida.

Veja como foi o duelo do primeiro turno entre Atlético-MG e Palmeiras

O time mineiro entrou em campo sabendo que todos os seus concorrentes diretos na luta contra o rebaixamento tinham sido derrotados na 32ª rodada. E a equipe de Cuca também fez sua parte, com um primeiro tempo de muita raça na busca pelo gol.

Confira a classificação completa do Brasileirão

null

O jogo

Empurrado por sua torcida, o Atlético-MG começou a partida procurando o gol. Leonardo Silva, sempre no jogo aéreo, levou perigo ao gol de Deola. Bernard fez bela jogada pela ponta esquerda e bateu por cima. Neto Berola recebeu belo lançamento e bateu com raiva. Deola fez grande defesa e espalmou a bola que ainda explodiu na trave antes de sair pela linha de fundo.

O único ataque do Pameiras no primeiro tempo teve uma chance clara para o time paulista. Luan deixou Fernandão na cara de Renan Ribeiro. O goleiro atleticano cresceu e evitou o gol palmeirense. O castigo pela falha na finalização veio no lance seguinte. Bernard lançou Neto Berola que, em posição duvidosa, tocou na saída de Deola para abrir o placar.

“Começamos bem. Tive outra oportunidade e na segunda eu fiz o gol. Dá tranqüilidade para o time no segundo tempo”, disse o artilheiro do primeiro tempo.

Futura Press
Neto Berola comemora o gol que abriu o placar na vitória atleticana

Atrás no placar, o Palmeiras voltou procurando mais o ataque. Cuca tirou Neto Berola e colocou Richarlyson, fechando mais sua equipe. A posse de bola não significava chances de gols para o Palmeiras. E o Atlético-MG foi mais eficiente. Depois de bela assistência de calcanhar de André, Fillipe Soutto teve calma para fazer o segundo e explodir de alegria a Arena do Jacaré.

A situação palmeirense que já era ruim na partida ficou péssima quando Maurício Ramos deu carrinho imprudente na intermediária e acabou expulso. O chileno Valdívia seguiu o mesmo caminho e acabou deixando o gramado mais cedo depois de outro carrinho desnecessário.

Com dois homens a menos na partida, o Palmeiras ainda conseguiu descontar no placar. Maikkon Leite fez bela jogada pela esquerda e cruzou para Luan fazer de cabeça. Tarde demais para tentar um empate.

FICHA TÉCNICA- ATLÉTICO-MG 2X1 PALMEIRAS
Local: Estádio Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 30 de outubro de 2011 (domingo)
Horário: 18h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Edinei Mascarenhas (RJ) e Marcos Peçanha (RJ)
Renda: R$96.860,00
Público:
17.179 pagantes
Cartões amarelos: Pierre e Daniel Carvalho (ATL); Valdívia e Cicinho (PAL)
Cartão vermelho: Maurício Ramons e Valdívia (PAL)

Gols:
Atlético-MG: Neto Berola, aos 36 minutos do primeiro tempo; Filippe Soutto, aos 17 minutos do segundo tempo
Palmeiras: Luan, aos 38 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Carlos César (Serginho), Réver, Leonardo Silva e Triguinho; Pierre, Fillipe Soutto, Daniel Carvalho (Magno Alves) e Bernard; André e Neto Berola (Richarlyson)
Técnico: Cuca

PALMEIRAS: Deola; Cicinho, Thiago Heleno, Maurício Ramos e Rivaldo; Chico, Márcio Araújo (João Vítor), Tinga (Maikkon Leite) e Valdivia; Fernandão (Vinicius) e Luan
Técnico: Luiz Felipe Scolari
 

Leia tudo sobre: Atlético-MGPalmeirasBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG