Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atlético-MG aprova contas e escolhe comissão para negociar com TV

Números apresentados com exclusividade pelo iG foram aprovados por unanimidade no Conselho Deliberativo

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Flickr/Clube Atlético Mineiro
Alexandre Kalil escolheu Emir Cadar, presidente do Conselho Deliberativo, para fazer parte da comissão que vai negociar com a Rede Globo
O Conselho Deliberativo do Atlético-MG aprovou na noite dessa quinta-feira as contas do clube em 2010. Os números apresentados pelo presidente Alexandre Kalil foram antecipados pelo iG. Assim como já havia ocorrido no ano anterior, a prestação de contas foi aprovada por unanimidade. A reunião foi na sede do Atlético-MG, no bairro de Lourdes, em Belo Horizonte.

Nas contas apresentadas por Alexandre Kalil aos conselheiros, o prejuízo operacional foi superior a R$ 400 mil no ano passado, muito em função da ausência do Mineirão. No entanto, o corte com despesas já chega a R$ 17 milhões em relação a 2008. O Atlético-MG arrecadou mais de R$ 93 milhões em 2010 e projeta um aumento de 10% para 2011.

Além do aprovação das contas, o presidente Alexandre Kalil aproveitou para comunicar aos conselheiros o grupo que vai negociar com a Rede Globo o contrato de renovação para transmissão do Campeonato Brasileiro a partir de 2012. O dirigente atleticano disse na semana que passada que não negociaria mais com a emissora carioca.

Emir Cadar, presidente do Conselho Deliberativo, Rodolfo Gropen, diretor de gestão, Lázaro Cândido da Cunha, diretor jurídico, Carlos Fabel, diretor financeiro, Luiz César Villamarim, assessor da Presidência, e Pedro Tavares de Melo Costa, membro do Conselho Fiscal, foram os nomeados por Alexandre Kalil para negociarem com a Rede Globo.

O Atlético-MG recebeu uma proposta de R$ 53 milhões por temporada e não ficou satisfeito com o valor. Depois de três reuniões com Marcelo Campos Pinto, diretor da Globo Esportes, o presidente do Atlético-MG desistiu de negociar. O clube tem até 19 de maio para responder se aceita ou não a proposta que tem em mãos.

Leia tudo sobre: Atlético-MG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG