Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atlético-MG afasta sete e empresta Ricardo Bueno ao Palmeiras

Depois da eliminação na Sul-Americana, grupo de Cuca é reduzido a 32 jogadores, entre eles quatro goleiros

Victor Martins, iG Belo Horizonte |

Depois da segunda partida no comando do Atlético-MG, uma derrota para o Coritiba, o técnico Cuca prometeu fazer uma limpeza no elenco atleticano. Quase duas semanas depois de anunciar que liberaria jogadores, o treinador informou à diretoria atleticana que sete jogadores não fazem parte de seus planos.

Veja também: Palmeiras contrata o atacante Fernandão, ex-Guarani

Além do lateral-direito Patric, que já havia sido afastado depois da derrota para o Corinthians, o Atlético-MG afastou o lateral-esquerdo Guilherme Santos, o volante Toró e os meias Wendel e Giovanni Augusto. Os jovens Leleu e Roger voltam ao time de juniores.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG ou do Palmeiras e convide seus amigos

Entre os jogadores que foram afastados por Cuca, um já tem um novo clube acertado. O meia Giovanni Augusto está próximo de um acordo com o Guarani e deve ser anunciado pelo clube de Campinas nas próximas horas. Os demais jogadores vão se reunir com a diretoria atleticana para uma definição, já que todos têm contratos longos.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG ou do iG Palmeiras e receba notícias do seu time em tempo real

Agora, Cuca trabalha com 32 jogadores, sendo que quatro são goleiros. Outro que deixou o clube foi o atacante Ricardo Bueno. Depois de entrar na justiça contra o Atlético-MG e perder a primeira audiência, o jogador aceitou ser emprestado ao Palmeiras. Mas, antes de seguir para São Paulo, Bueno renovou contrato com o Atlético-MG até maio de 2013.

Leia tudo sobre: Atlético-MGCucaBrasileirão 2011Palmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG