Tamanho do texto

Equipe carioca não conseguiu reagir aos dois gols tomados no início da partida e perde chance de ultrapassar o São Paulo

nullO Botafogo tentava encostar nos líderes do Campeonato Brasileiro, mas acabou derrotado por 2 a 0 para o Atlético-GO , neste domingo no Serra Dourada. Com dois gols de Felipe no início da partida, os goianos se mantêm no meio da tabela de classificação e deixaram os cariocas mais longe das primeiras posições.

Veja a tabela de classificação do Brasileirão

O Atlético-GO não tomou conhecimento da boa fase do Botafogo e marcou seus dois gols antes dos dez minutos. O primeiro saiu logo com um minuto, e o segundo aos dez, ambos com Felipe e ambos contando com o desvio da zaga para atrapalhar o goleiro Jéfferson.

Leia também: Para Hélio dos Anjos, "operários" minimizaram desfalques

Na próxima rodada, o Botafogo vai tentar a recuperação contra o Bahia, no próximo sábado, no Rio de Janeiro. Já no domingo, o Atlético-GO terá que ir até São Paulo para encarar o Corinthians.

O jogo

A partida começou e Atlético-GO não deu tempo para o Botafogo respirar, abrindo o placar com um minuto. Após cruzamento rasteiro para a área, Felipe escorou, a bola bateu em Antônio Carlos e enganou o goleiro Jéfferson. No entanto, o revés não desanimou os alvinegros, que foram em busca do empate e quase conseguiram, aos sete minutos. Cortês tabelou com Loco Abreu e chutou à direita do gol de Márcio.

Mas quem marcou foi o time goiano, logo depois. O atacante Felipe chutou cruzado e a bola novamente bateu na zaga alvinegra para enganar Jéfferson. Mais uma vez, o Botafogo foi tentar recuperar-se, e tinha o domínio das ações, mas sem levar perigo ao adversário.

Com a vantagem no placar, o Atlético-GO tocava a bola com tranquilidade e por pouco não aumentou, aos 19. Ernendes recebeu livre, dentro da área, e chutou cruzado. O goleiro Jéfferson fez grande defesa para impedir o terceiro no Serra Dourada. Os cariocas só responderam aos 26, quando Marcelo Mattos arriscou de longe e obrigou Márcio a trabalhar.

Os donos da casa seguiam tendo as melhores chances e aos 30 minutos tiveram dois lances seguidos de perigo. Na primeira, Bida tentou de longe e viu Jéfferson voar para colocar para escanteio. Na segunda, após a cobrança, Anselmo cabeceia e a bola bate na trave. No rebote, quase a zaga alvinegra faz contra.

Felipe marcou dois gols no Serra Dourada
Gazeta Press
Felipe marcou dois gols no Serra Dourada

A partir dai, o Atlético-GO passou a dominar ações da partida e quase viu Felipe marcar mais um, aos 32, mas o atacante chutou por cima do gol. Depois do lance, o confronto diminuiu de ritmo, e acabou indo para o intervalo sem mais lances perigosos de gol.

No segundo tempo, o Botafogo buscou pressionar o Atlético-GO, mas não conseguia chegar com perigo ao gol de Márcio, parando na retranca goiana. Na melhor chance, Maicosuel chutou em cima de Pituca, dentro da área. Os donos da casa tinham o confronto sob controle. Aos 19, o goleiro Márcio cobrou falta no travessão de Jéfferson. A partida diminuiu o ritmo pelo cansaço das equipes. Com isso, outra oportunidade gol só aconteceu aos 37, com Felipe, mas Jéfferson defendeu com segurança.

Nos minutos finais, a torcida do Atlético-GO esboçou um grito de olé e viu a equipe tocar a bola até o apito final do árbitro.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO 2 X 0 BOTAFOGO

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 02 de outubro de 2011, domingo
Horário: 18h (de Brasília)
Árbitro: Alicio Pena Junior (MG)
Assistentes: Guilherme Camilo (MG) e Janet Arcanjo (MG)
Cartões amarelos: Roberto e Ernandes (Atlético-GO); Herrera e Marcelo Mattos (Botafogo)
GOLS: ATLÉTICO-GO: Felipe, a 1min e 10min do primeiro tempo

BOTAFOGO: Jéfferson; Lucas, Antonio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos, Renato, Elkeson (Caio) e Maicosuel (Felipe Menezes); Herrera (Lucas Zen) e Loco Abreu.
Técnico: Caio Júnior

ATLÉTICO-GO: Márcio (Roberto); Rafael Cruz, Leonardo, Paulo Henrique e Thiago Feltri; Pituca, Marino, Ernandes e Bida (Dodó); Felipe (Marcão) e Anselmo.
Técnico: Hélio dos Anjos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.