Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atlético-GO mantém o embalo e vira sobre o lanterna América-MG

Mesmo jogando fora de casa, equipe de Goiás fez dois gols no segundo tempo e fecha o turno com 25 pontos

Victor Martins, iG Belo Horizonte |

O Atlético-GO mantém a boa fase dentro do Campeonato Brasileiro a alcança a quarta vitória seguida na competição. A vitima da vez foi o América-MG , que chegou a fazer 1 a 0 com o zagueiro Willian Rocha. No entanto a equipe do técnico Hélio dos Anjos mandou no segundo tempo e virou a partida para 2 a 1, com dois gols de Juninho. Com o resultado o time rubro-negro chega aos 25 pontos e dorme na 11ª colocação. Já o América-MG segue na lanterna da competição, com apenas 13 pontos conquistados.

Com a possibilidade de sair da última colocação, o time da casa começou melhor e assim foi durante todo o primeiro tempo. Tanto que o goleiro Neneca fez apenas uma defesa na primeira etapa, num chute de Juninho. Já camisa 1 do Atlético-GO teve de trabalhar mais. Márcio fez boas defesas, principalmente nos chutes de Thiago Carleto. O goleiro da equipe goianiense só não conseguiu defender a cabeçada de Willian Rocha.

Mas no segundo tempo tudo mudou. Hélio dos Anjos colocou mais um atacante em campo e viu sua equipe sobrar. Neneca teve muito mais trabalho do que na etapa anterior. Bida esteve muito perto de marcar, mas parou em boa defesa do goleiro americano. No entanto o camisa 1 do América não conseguiu parar o atacante Juninho, que fez os dois gols atleticanos. Chance para aumentar o placar não faltou, mas Neneca realmente estava numa noite feliz.

“Foi outro jogo, entramos apáticos, errando passes, não conseguindo fazer as jogadas. No segundo tempo nos acertamos e conseguimos a virada”, disse o atacante Juninho, que estava numa noite ainda mais feliz do que o goleiro Neneca.

null

O jogo

O América-MG começou o jogo em cima e procurando logo o gol para dar tranquilidade ao time, que entrou na rodada com possibilidade de sair da lanterna do Campeonato Brasileiro. Embora o lateral-direito Marcos Rocha seja o grande nome americana na competição, era pela esquerda que a equipe de Givanildo conseguia chegar. Thiago Carleto arriscou dois bons chutes de fora da área e o goleiro Márcio fez boas defesas.

Mas foi pelo lado direito de ataque do América-MG que saiu o primeiro gol da partida. Marcos Rocha cruzou com a perna esquerda e o zagueiro Willian Rocha subiu sozinho para abrir o placar. Bem em campo, o time da casa seguida no ataque, mas teve uma perda considerável. O atacante Alessandro foi substituído ainda no primeiro tempo com uma lesão muscular.

Se o América-MG perdeu um atacante importante, o Atlético-GO ganhou mais um homem de frente. O jovem atacante Diogo Campos, que marcou gols nas partidas anteriores, contra Flamengo, Santos e Grêmio. Com três atacantes, o Atlético-GO se impôs e o goleiro Neneca, pouco acionado, passou a ser o jogador mais participativo do jogo.

O camisa 1 do América-MG conseguiu até fazer boas defesas, como nos chutes de Bida e de Anselmo, esse já dentro da pequena área, mas não conseguiu fazer milagre. Foi então que o artilheiro Juninho ganhou destaque. Primeiro, apesar da pouca estatura, cabeceou no meio dos grandalhões zagueiros do América-MG para empatar.

A virada foi aos 31 minutos, num contra-ataque que começou com o atacante André Dias errando na entrada da área do Atlético-GO. A bola que era para encontrar Thiago Carleto que estava livre dentro da área, foi acabar no fundo do gol americano. Depois de ótima e veloz troca de passes, Juninho recebeu sozinho e fez o gol da virada do Atlético-GO, que vira o turno com 25 pontos e cada vez mais dá sinal que vai estar na Série A em 2012. Já o América-MG, parece estar mais perto da Série B.

FICHA TÉCNICA – AMÉRICA-MG 1 X 2 ATLÉTICO-GO
Local:
Arena do Jacaré, em Sete Lagoas-MG
Data: 27 de agosto de 2011, sábado
Horário: 18h (horário de Brasília)
Renda: R$ 10.270,00
Público: 1.256 pagantes
Árbitro: Paulo César Oliveira (SP)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)
Cartões Amarelos: Anderson e Diogo Campos (ATL)
GOLS:
AMÉRICA-MG: Willian Rocha, aos 27 minutos do primeiro tempo
ATLÉTICO-GO: Juninho, aos 24 e aos 31 minutos do segundo tempo

AMÉRICA-MG: Neneca; Otávio, Gabriel e Willian Rocha (Ulisses); Marcos Rocha, Leandro Ferreira, Amaral, Rodriguinho (Netinho) e Thiago Carleto; Kempes e Alessandro (André Dias).
Técnico: Givanildo Oliveira.

ATLÉTICO-GO: Márcio; Rafael Cruz, Gilson, Anderson e Thiago Feltri; Agenor (Vitor Júnior), Bida, Pituca e Thiaguinho (Diogo Campos); Juninho (Paulo Henrique) e Anselmo.
Técnico: Hélio dos Anjos.
 

Leia tudo sobre: América-MGBrasileirão 2011Atlético-GO

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG