Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atlético Paranaense tropeça em casa e só empata com o Corinthians

Cícero deixou Corinthians-PR na frente, mas Kleberson empatou para o Atlético no Estadual. Torcida vaiou

Gazeta |

nullO Atlético-PR tropeçou em casa e não saiu de um empate em 1 a 1 diante do Corinthians Paranaense, jogando mal na Arena da Baixada. Com o resultado, o time rubro-negro chega aos quatro pontos no segundo turno, dividindo a terceira posição. Já o alvinegro do Barigui somou seu primeiro ponto, subindo para a nona colocação.

Depois de ficar próximo do primeiro gol, o Atlético recebeu um banho de água fria, aos 30 minutos do primeiro tempo, com um chute preciso de Cícero, que abriu o placar para o Corinthians. Depois do intervalo, aos 15 minutos, Kléberson, com um golaço, deixou tudo igual.

Na próxima rodada, o Atlético Paranaense encara o Irati, domingo, no Estádio Coronel Emílio Gomes, em Irati. No mesmo dia, o Corinthians Paranaense encara o Cianorte, no Eco Estádio Janguito Malucelli, em Curitiba.

AE
Kleberson comemorou em tom de desabafo, mas o time da casa não venceu e saiu sob vaias

O jogo
O Atlético tomou um susto logo no primeiro minutos, em um ataque fulminante do Corinthians. Paulinho recebeu na área e ajeitou para Rodrigo Hote, que foi interceptado pelo goleiro Silvio, que salvou o time de tomar um gol certo. Na resposta, aos quatro minutos, Guerrón partiu para a jogada individual e cruzou para Wescley, que simplesmente furou de frente para o crime. A pressão era rubro-negra e, aos sete minutos Kléberson pegou sobra de bola e chutou com perigo, à esquerda da meta.

O gol rubro-negro aprecia questão de tempo, mas a sucessão de erros já irritava o torcedor. Aos 14 minutos, jogada bem construída por Gabriel e Waner Diniz. O cruzamento do ala sobrou pra Paulo Baier, que tocou de cabeça para bela defesa de Walter. O alvinegro do Barigui encontrava espaço para chegar ao ataque também. Aos 17 minutos, Adriano Gabiru recebeu com liberdade e chutou errado, por cima da meta.

A torcida ficou na bronca com a arbitragem aos 22 minutos, quando Guerrón foi travado na área. O jogo seguiu. Aos poucos o Corinthians começou a gostar da partida e, aos 30 minutos, Cícero recebeu na entrada da área e bateu no cantinho para abrir o placar. O Atlético-PR tentou a reação, aos 37 minutos, com um cruzamento perigoso de Iván Gonzalez

Na segunda etapa, o time atleticano partiu para o tudo ou nada. Aos três minutos, Paulo Baier cobrou escanteio e Guerrón, de voleio, mandou para fora. Os erros continuavam pelo lado rubro-negro, como em um cruzamento torto de Wagner Diniz, aos cinco minutos, sem direção. Baier tentava fazer a diferença, mas também não estava em uma noite feliz. Aos 10 minutos, cobrou escanteio fechado, direto nas mãos de Walter.

Sumido em campo, Kléberson apareceu aos 14 minutos, tirando dois defensores da jogada e mandando o petardo para a defesa de Walter. Mas, aos 15 minutos, não teve perdão. Kléberson arrematou de longe e fez um golaço, no ângulo. O Corinthians teve a chance de ficar novamente na frente aos 23 minutos, com Digão, que fez feio, isolando.

O ritmo partida continuou bom, mas as oportunidades reais eram mais escassas. Aos 28 minutos, Guerrón recebeu bem colocado, girou o corpo e bateu pela linha de fundo. O goleiro Silvio protagonizou um lance ridículo aos 35 minutos: o camisa 1 rubro-negro entregou a bola nos pés do adversário, Mineiro, que bateu para fora. O Corinthians tocava bem a bola e estava melhor na partida. Aos 45 minutos, Baier teve a chance de virar, mas entrou em impedimento. "Vergonha, vergonha" era o grito na arquibancada.

FICHA TÉCNICA - ATLÉTICO-PR 1 X 1 CORINTHIANS-PR

Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data: 10 de março de 2011, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Selmo Pedro dos Anjos Neto
Assistentes: Moisés Aparecido de Souza e Maurício José Braga
Cartões amarelos: Guerrón, Paulo Bater e Gabriel (Atlético-PR); Renan (Corinthians-PR)

Gols: ATLÉTICO-PR: Kléberson, aos 15 minutos do segundo tempo CORINTHIANS-PR: Cícero , aos 30 minutos do primeiro tempo

ATLÉTICO-PR: Sílvio; Gabriel, Manoel e Rafael Santos; Wagner Diniz (Henan), Kléberson, Alê (Claiton), Paulo Baier e Heracles (Ivan González); Wescley e Guerrón. Técnico: Leandro Niehues

CORINTHIANS-PR: Walter; Paulinho, Thiago Alencar (Wellington), Peixoto e Digão; Leandro, Cícero, William e Adriano Gabiru (Mineiro); Renan e Rodrigo Hote (Paulo Henrique). Técnico: Luciano Gusso
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG