Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atlético Paranaense é surpreendido e derrotado pelo Cascavel

Com 2 a 0, time estaciona no Estadual e propicia primeiro resultado positivo na competição ao adversário

Gazeta |

O Atlético Paranaense não consegue uma boa sequência de resultados no Campeonato Paranaense 2011 e, desta vez, perdeu fora de casa para o Cascavel, por 2 a 0, no Olímpico Regional. Com o resultado, o Cascavel conseguiu seu primeiro resultado positivo na competição, chegando aos quatro pontos e deixando o Paraná sozinho na lanterna. Já o Atlético, longe do título do primeiro turno, estaciona nos nove pontos.

O jogo foi truncado com a forte marcação do time da casa, que anulou o taque rubro-negro. A festa foi completa quando, aos 35 minutos do segundo tempo, Irineu recebeu na entrada da área e arrematou de primeira para as redes. Aos 43 minutos, Quinho, em contra-ataque fulmina

enta o time da casa, domingo, no Estádio dos Pássaros. No mesmo dia, o Atlético Paranaense terá o clássico diante do desesperado Paraná Clube, na Arena da Baixada, em Curitiba.

O jogo
A partida começou quente, com a torcida pedindo em peso uma penalidade não marcada obre o atacante Clênio, logo no primeiro minuto. O Atlético também teve seu momento de reclamação, aos seis minutos, com Guerrón pedindo falta em uma trombada dentro da área. Aos nove minutos, Irenio arriscou de longe e a bola saiu direto pela linha de fundo.

Muito truncada no meio campo, a partida não era das mais agradáveis. Sem criatividade para penetrar na defesa da Serpente, Guerrón chutou de muito longe, aos 15 minutos, e isolou. Paulinho fez a jogada individual pela lateral, dois minutos depois, mas chutou torto, sem direção. Guerrón e Fernando trocaram agressões, mas saíram no lucro, só com cartões amarelos.

A posse de bola era equilibrada, com o Cascavel um pouco mais ousado no ataque. Aos 29 minutos, João Renato cobrou falta por cima da meta. Tentado resolver os problemas do Atlético, Mádson partiu para a jogada individual, encontrou Branquinho entrando na área, e a zaga apareceu para cortar. O Rubro-Negro acordou e, no lance seguinte, Guerrón chutou cruzado e assustou Veloso. Na resposta, aos 38 minutos, o baixinho Irineu subiu mais do que a zaga para cabecear, exigindo um milagre de João Carlos.

Depois do intervalo, o técnico Sérgio Soares optou pela entrada de Wagner Diniz, tentando melhorar as jogadas pelas alas. A primeira oportunidade clara, no entanto, foi da Serpente, aos quatro minutos, quando Clênio recebeu passe açucarado, com liberdade na área, mas não alcançou a bola. Com a forte marcação da equipe do interior, a partida continuava muito truncada.

O Furacão iniciou uma nova blitz e, aos 11 minutos, Mádson levantou fechado e Fernando tirou dos pés de Lucas. No lance seguinte, Paulinho cobrou falta, à esquerda da meta. Aos 17 minutos, Paulinho cruzou e Guerrón cabeceou por cima da meta. Um minuto depois, Branquinho chutou rasteiro e Veloso foi buscar. A bola insista em não entrar. Aos 21 minutos, Guerrón testou firme a carimbou a trave.

Os jogadores do Cascavel estavam visivelmente cansados e o time rubro-negro cresceu. Aos 27 minutos, Wagner Diniz chegou na lateral da área e tocou errado para trás. Falta perigosa para o time da casa, aos 33 minutos, cobrada por Irineu, para intervenção de João Carlos. Até que, aos 35 minutos, Irineu recebeu na entrada da área e bateu no cantou para abrir o placar. Aos 42 minutos, Madson entrou na área chutando e Veloso salvou. No contra-ataque, Quinho viu o goleiro adiantado e tocou por cima para fechar a contagem.

Líder Cianorte dispara
Outros dois jogos foram realizados pela sexta rodada da competição, no horário das 20h30 (de Brasília). O líder Cianorte disparou no topo com uma vitória por 2 a 0 diante do Rio Branco, no Estádio Olímpico Albino Turbay. Brinner e Jean Carlos marcaram os gols que levaram o Leão do Vale aos 15 pontos ganhos.

Já o Roma Apucarana, que buscava a reabilitação no Estádio Bom Jesus da Lapa, diante do Operário, de Ponta Grossa, não saiu de um empate sem gols. O time da casa chegou aos oito pontos, na sétima colocação, enquanto o Fantasma, com 10 pontos, ainda tenta acompanhar de perto o grupo que lidera o Estadual.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG