Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atlético Goianiense quer aproveitar desfalques do Inter para se tranquilizar

Enquanto equipe goiana ainda corre riscos de rebaixamento, os gaúchos, distantes da possibilidade de título, já projetam disputa do Mundial de Clubes

Gazeta Esportiva |

Atlético-GO e Internacional chegam a esta 34ª rodada com objetivos e momentos bem distintos na temporada. Enquanto a equipe goiana ainda corre riscos de rebaixamento e precisa a qualquer custo de um resultado positivo, os gaúchos, distantes da possibilidade de título, já projetam a disputa do Mundial de Clubes, que será realizado em dezembro.

Neste returno, o Dragão tem a nona melhor campanha, com 19 pontos em 14 jogos, exatamente a mesma do Inter. A equipe de Renê Simões vem se recuperando e não ocupa a zona de rebaixamento há três rodadas, depois de frequentá-la por cinco meses ininterruptos. Atualmente, o Rubro-negro ocupa a 15ª posição, com 36 pontos, um à frente do Atlético-MG, o primeiro ocupante do Z-4 hoje.

No entanto, nos últimos dois jogos, contra Ceará e Botafogo, a equipe obteve apenas um ponto. Uma vitória contra o Colorado é considerada fundamental na caminhada rumo à permanência entre os grandes do futebol brasileiro. "Se vencermos, teremos uma tranquilidade maior visando às últimas rodadas. Temos que impor nosso padrão de jogo", entende o meia William.

Renê Simões não contará com os laterais Thiago Feltri e Adriano, além do volante Pituca. Também não estarão à disposição o atacante Pedro Paulo e o volante Ramalho. O zagueiro Gílson, que cumpriu suspensão na derrota diante do Botafogo, pode voltar ao time. Na lateral direita, Victor Ferraz deve substituir Adriano. Na esquerda, Chiquinho ou algum meio-campista deve suprir a ausência de Feltri.

O adversário do Dragão vem bastante desfalcado para a partida. Após o empate com o Fluminense na última quarta-feira, os jogadores do Internacional admitiram pela primeira vez que o título brasileiro ficou muito distante. Sexto colocado, com 50 pontos, o Colorado teria que tirar oito do líder Fluminense em cinco rodadas. O técnico Celso Roth deve aproveitar as partidas finais deste campeonato para promover ajustes na equipe que vai aos Emirados Árabes disputar o Mundial da Fifa, em dezembro.

A primeira medida será promover um rodízio entre os goleiros. O atual titular, Renan, nem viajou para Goiânia. O argentino Pato Abbondanzieri começará a partida no Serra Dourada. Contra o Avaí, na próxima semana, Lauro deve iniciar. "É preciso dar ritmo de jogo a quem não vem atuando", justificou Roth.

A ausência de Renan não será a única: outros quatro titulares não estarão presentes no Serra Dourada. O volante Guiñazu, o meia D'Alessandro e o centroavante Alecsandro estão suspensos. Já Tinga segue se recuperando de lesão e só volta em duas semanas. O coletivo da manhã desta sexta, no Beira-Rio, encaminhou as entradas de Glaydson, Andrezinho e Leandro Damião no time. Para a vaga de Tinga, Giuliano prossegue como titular.

O jogo deste sábado começa às 19h30, horário de Brasília. No primeiro turno, o confronto entre Dragão e Colorado acabou empatado por 1 a 1, em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO X INTERNACIONAL


Local: Estádio Serra Dourada, Goiânia
Data: 6 de novembro de 2010, sábado
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)
Auxiliares: João Antônio Sousa Paulo Neto e Luciano Benevides de Sousa (ambos do DF)

ATLÉTICO-GO: Márcio; Victor Ferraz, Daniel Marques, Gílson e Chiquinho; Agenor, Rômulo, Robston e Renatinho; Juninho e Marcão.
Técnico: Renê Simões

INTERNACIONAL: Abbondanzieri; Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Wilson Matias, Glaydson, Andrezinho, Rafael Sobis e Giuliano; Leandro Damião.
Técnico: Celso Roth

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG