Tamanho do texto

Espanhois se recuperaram de derrota vexatória no fim de semana contra o maior rival. Metalist e Braga também se classificam

selo

Vindo de uma goleada sofrida para o Real Madrid, sábado, no clássico do Campeonato Espanhol, o Atlético de Madrid conseguiu a sua recuperação nesta quarta-feira. Jogando na Escócia, a equipe do brasileiro Diego venceu o Celtic por 1 a 0 e conquistou a classificação antecipada para a segunda fase da Liga Europa. No jogo que marcou a volta de Falcao Garcia à equipe madrilenha, foi Arda Turan quem marcou o gol da vitória.

No outro jogo do Grupo I nesta quarta-feira, Rennes e Udinese empataram em 0 a 0 na França. Com isso, o Atlético assumiu a liderança isolada da chave, com 10 pontos e não pode mais ser ultrapassado pelo Celtic, que tem cinco pontos, em terceiro. A vice-líder Udinese tem oito e precisa de um empate contra os escoceses, na última rodada, em Údine, no próximo dia 15 de dezembro, para avançar. Uma vitória simples classifica o Celtic.

Arda Turan comemora seu gol diante do Celtic
AP
Arda Turan comemora seu gol diante do Celtic

Outra equipe a garantir classificação na primeira leva de jogos da Liga Europa nesta quarta-feira foi o Metalist, da Ucrânia. A equipe de Taison e Cleiton Xavier atropelou o Áustria Viena por 4 a 1 (gols de Devic, Gueye, Sosa e do brasileiro Edmar) e chegou a 13 pontos no Grupo G, contra cinco do time austríaco. Pela mesma chave, o AZ perdeu a oportunidade de também se garantir antecipadamente na segunda fase ao empatar em 0 a 0 com o Malmö. Com sete pontos, o time holandês pega o Metalist na última rodada e precisa vencer.

Já pelo Grupo H, o Brugge conseguiu um resultado espetacular ao vencer o Maribor por 4 a 3 na Eslovênia. O detalhe é que o time belga perdia por 3 a 0 até os 29 do segundo tempo. Dirar duas vezes, Akpala e Donk, já nos acréscimos, fizeram os gols do resultado histórico. Donk, aliás, já havia balançado as redes uma vez na partida, fazendo contra o terceiro dos eslovenos.

Pela mesma chave, o Braga recebeu o Birmingham, venceu por 1 a 0, com gol de Hugo Viana, e chegou aos mesmos 10 pontos que o Brugge, na segunda colocação. Mesmo assim só os portugueses estão classificados. Isso porque mesmo se o Braga perder do Brugge na última rodada e o Birmingham vencer o Maribor, a vantagem seria do time de Portugal que levou a melhor no confronto direto. Já o Brugge, se terminar empatado em pontos com o time da Inglaterra acabaria eliminado pelo mesmo motivo.