Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ataque volta a funcionar e Atlético-MG conta com três artilheiros

Diego Tardelli, Magno Alves e Neto Berola marcaram quatro gols cada um e a média é de 3,5 gols por joogo

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Os atacantes do Atlético-MG voltaram a funcionar bem. Contra o Guarani, Magno Alves e Neto Berola fizeram os seus gols. Cada um chegou a quatro gols no Campeonato Mineiro, assim como Diego Tardelli, que não atuou contra o Guarani, por estar suspenso.

Magno Alves foi substituído ainda no intervalo da partida em Divinópolis, mas por opção do técnico Dorival Júnior. Portanto o Magnata não é problema para a estreia do Atlético-MG na Copa do Brasil, contra o IAPE-MA. Outro que não deve ser problema para a partida no Maranhão é Neto Berola, que deixou a partida reclamando de dor na coxa direita.

Mas na primeira avaliação feita pelo médico Rodrigo Lasmar, do Atlético-MG, Neto Berola não é um preocupação deve ter condição de jogo. Presença certa mesmo na partida de quarta-feira é Diego Tardelli, que foi expulso no clássico e cumpriu suspensão diante do Guarani.

A única baixa no ataque foi Jobson. Relacionado para o banco de reservas contra o Guarani, o jogador do Atlético-MG reclamou de um indisposição estomacal já no vestiário do Estádio Farião e foi cortado da partida contra o Guarani. O zagueiro Lima, que ficaria fora do banco, ocupou a vaga aberta por Jobson.

Leia tudo sobre: Atlético-MGNeto BerolaDiego TardelliMagno Alves

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG