Nem a volta de Rafael Sobis foi suficiente para marcar contra a melhor defesa do campeonato gaúcho

O sábado foi de confronto feio, pouca criatividade e nenhum gol no gramado do Beira-Rio. A dupla de ataque do Internacional, formada por Rafael Sobis e Cavenaghi, não conseguiu superar a defesa do Novo Hamburgo, a melhor do campeonato gaúcho , e a partida ficou no 0 a 0. No final, ainda houve vaias à atuação do Internacional.

O Inter continua com o segundo lugar no Grupo 1,  mas pode cair para terceiro caso o Ypiranga vença no fim de semana. O Novo Hamburgo ingressa, momentaneamente, na zona de classificação, ocupando o quarto lugar da chave.

nullNa quarta-feira, o Inter experimenta o gramado sintético do Passo D'Areia diante do São José.  Já o Novo Hamburgo recebe o Ypiranga.

O jogo

Com um time quase todo reserva, Celso Roth deixou o time preso em campo. Com três volantes, abrir espaços para atacar foi uma tarefa complicada. Os três homens de marcação, mais o zagueiro Juan, deslocado para a lateral esquerda, não davam opções nos lados do campo. Centralizado, Andrezinho se tornou presa fácil para a defesa.

Com a articulação comprometida, o Inter tentou por cima. As cabeçadas de Rafael Sobis, em seu primeiro jogo no ano, e Glaydson, passaram sobre o gol. O Novo Hamburgo tentava atacar pela direita e, mesmo sem criar uma chance clara por ali, buscava um erro de marcação dos donos da casa.

Celso Roth tentou melhorar a equipe tirando Cavenaghi para a entrada de Leandro Damião, artilheiro do time no ano, com 13 gols. Em pouco tempo, ele teve o primeiro arremate, outra vez por cima. No toque de bola, o Inter não conseguiu sucesso, somando apenas um ponto na tabela.

FICHA TÉCNICA
INTER 0 X 0 NOVO HAMBURGO

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 19 de março de 2011, sábado
Horário: 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Ronaldo Santos Silvas
Auxiliares: José Antônio Franco Filho e Sedenir Martins
Cartões amarelos: Rodrigo e Juan (inter) e Fabinho (Novo Hamburgo).
Público: 11.872 (9.902 pagantes)
Renda: R$ 190.315,00

INTER: Lauro; Daniel (Eduardo Sasha), Rodrigo, Índio e Kleber; Wilson Matias, Glaydson (Oscar), Guiñazu e Andrezinho e Rafael Sobis; Cavenaghi (Leandro Damião). Técnico: Celso Roth.

NOVO HAMBURGO: Eduardo Martini; Bosco, Cláudio Luiz, Lino e Fabinho (Vinicius); Russo, Márcio Han, Eduardinho e Rodrigo Mendes; Michel (Gustavo) e Juba (Juninho). Técnico: Julinho Camargo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.