Tamanho do texto

Junior Viçosa e Lins mostram dificuldade em finalizar e driblar. Sofrem poucas faltas e muitos desarmes

Embora Renato Gaúcho seja um técnico ofensivista, o ataque do Grêmio tem as estatísticas mais negativas do Brasileirão. Em cinco jogos, o time gaúcho é o 17º em finalizações. Seus jogadores têm o pior índice de dribles. E são quase os últimos em faltas recebidas, portanto, um dos que mais perdem a bola. Os números são do Footstats e estão disponíveis no aplicativo iG Esporte para iPhone e iPad.

Tenha as estatísticas no seu iPhone e faça comparações entre times e jogadores

Resultado: a campanha é irregular, com tropeços em casa e quase insuficiente para atingir a meta do treinador. Até a estreia dos reforços, Renato deseja que o Grêmio permaneça entre os dez primeiros classificados. Atualmente, é o nono.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

O curioso é que a filosofia “meu time joga para a frente” vinha dando certo. Em 2010, o Grêmio teve o melhor ataque e o artilheiro do Nacional. Foi o time que mais balançou a rede adversária também no Gauchão deste ano. Porém...

A venda de Jonas, a lesão de André Lima, a transferência de Borges ao Santos e a demora da direção em contratar podem ser apontadas como justificativas. Com Lins e Junior Viçosa, o time marcou seis gols em cinco jogos. Mas só concluiu 22 vezes em gol, um aproveitamento de 42,3% das tentativas, o que lhe rende o posto de 17º neste fundamento. Também pudera...

O Grêmio é o time que menos dribla no campeonato. Seus jogadores passaram pelo rival 33 vezes, média de 6,6 por jogo, com 60% de aproveitamento. Sem o improviso, tem a terceira pior campanha em “perdas de bola”: são 216 desarmes sofridos. Detalhe: sem sofrer falta, afinal, são 75, média de 15 por partida, o 16º desempenho no torneio.

A receita para melhorar os números é treinar, a começar por esta terça-feira em dois turnos – algo que, aliás, é feito desde o começo do ano. Afinal, Miralles, o único atacante contratado até agora, está machucado. E não poderá enfrentar o Botafogo, domingo, no Rio de Janeiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.