No último coletivo do ano, Paulo César Carpegiani muda o São Paulo, coloca Ilsinho e Jorge Wagner nas laterais e Jean no meio

Às vésperas das férias, o departamento médico do São Paulo finalmente esvaziou. Os seis jogadores que no começo da semana se recuperavam no Reffis voltaram a treinar no campo e a expectativa é de que pelo menos o atacante Ricardo Oliveira seja aproveitado na partida de domingo contra o Atlético-MG, a última da temporada. Nesta sexta, ele treinou ao lado de Marlos no ataque.

Além de Ricardo Oliveira, Dagoberto, Fernandão e Rodrigo Souto também participaram do coletivo comandado pelo técnico Paulo César Carpegiani pela manhã. Contudo, o treinador já anunciou que vai poupar os jogadores, já que o São Paulo não tem mais nenhum objetivo no campeonato e não valeria a pena correr o risco às vésperas das férias.

Completanto o time dos lesionados, Fernandinho fez trabalho com bola separadamente no campo de society do CT da Barra Funda e Miranda apenas correu em volta do campo. O zagueiro Alex Silva e o volante Cleber Santana, que estão suspensos, treinaram no time reserva, assim como Richarlyson, que será julgado pelo STJD na tarde desta sexta e também não deve ter condições de jogo.

Com a entrada de Ricardo Oliveira no time, quem perdeu a vaga foi o zagueiro Samuel, que ao longo da semana vinha sendo improvisado na lateral-esquerda. Assim, também foram feitas algumas alterações de posicionamento. Jean deixou a lateral-direita e foi para o meio de campo, Ilsinho foi recuado para a lateral-direita, Jorge Wagner para a esquerda, Carlinhos Paraíba foi avançado para a meia e Lucas também voltou à sua posição de origem.

A equipe titular escalada por Carpegiani no último coletivo do ano foi a seguinte: Rogério Ceni, Ilsinho, Xandão, Renato Silva, Jorge Wagner, Zé Vitor, Jean, Carlinhos Paraíba, Lucas, Marlos e Ricardo Oliveira.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.