Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atacantes consideram jogo contra Guarani o mais difícil do Brasileirão

Apesar da distância que separa adversários na tabela, Emerson e Washington querem atenção redobrada no próximo domingo

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

O Fluminense soma 69 pontos e lidera o Campeonato Brasileiro. O Guarani, seu adversário no próximo domingo, às 17h, no Engenhão, já está rebaixado e amarga a décima oitava posição com apenas 37 pontos. Apesar da enorme distância que separa as duas equipes na tabela, os atacantes Emerson e Washington classificaram a partida contra o time de Campinas como o jogo mais difícil nas 38 rodadas do Campeonato Brasileiro.

Autor do gol do Fluminense na derrota por 2 a 1 no jogo de ida, no Brinco de Ouro, Emerson não faz ideia de como o Guarani vai se portar no próximo domingo. Mas, independentemente de jogar fechadinho ou partir para cima, o atacante sabe que não terá moleza até pela importância da partida.

Se fizermos uma análise completa,podemos dizer que esse será o jogo mais difícil do Campeonato Brasileiro para o Fluminense. Justamente por eles não terem qualquer tipo de interesse na partida, irão jogar soltos, sem nenhuma responsabilidade. Não sei como eles irão encarar a partida, mas nós temos uma motivação diferente e precisamos entrar em campo querendo muito mais do que eles,afirmou o Sheik.

Embora tenha desfalcado o Fluminense em seis das últimas sete partidas, Emerson afirma que está cem por cento fisicamente para a grande decisão e diz que a falta de ritmo não vai atrapalhar.

Eu vinha treinando mesmo quando estava fora e estou bem fisicamente. Claro que o tempo de bola e a falta de ritmo atrapalharam um pouco contra o Palmeiras, mas tenho certeza que meu condicionamento já vai estar bem melhor domingo,disse.

Washington concorda com o Sheik em relação às dificuldades que o Guarani vai impor ao Fluminense. No entanto, o jogador, que já decidiu uma Libertadores pelo time tricolor, sabe que a equipe vai precisar de paciência caso o gol demore a sair.

Nem passa pela minha cabeça o jogo de domingo ter o mesmo final que 2008. Mas temos que ter cuidado, pois esse será o jogo mais perigoso dos últimos que disputamos. Enquanto o jogo para eles não vale mais nada e eles irão entrar em campo solto, a nossa responsabilidade será a maior do mundo. O Engenhão vai estar lotado e temos que usar o apoio do torcedor para vencer o jogo. Mesmo se o gol demorar a sair, temos que ter paciência e o torcedor continuar nos apoiandodisse o Coração Valente.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofluminensefutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG