Tamanho do texto

Jogador é dos mais descontraídos no grupo e entregou os colegas durante a pré-temporada

O Cruzeiro é o clube brasileiro com maior pré-temporada no país, com quase um mês de treinamentos. Tempo de sobra para a criatividade dos atletas, que inventam apelidos para descontrair o ambiente. O atacante Wallyson é dos mais "zoadores" do elenco e revelou como os colegas são chamados no grupo.

Veja também: Com atacante Fábio Lopes, Cruzeiro fecha grupo para o Mineiro

O assunto apareceu na entrevista coletiva quando Wallyson foi perguntado sobre seu novo companheiro de ataque: Fábio Lopes. O cabeludo foi comparado ao volante Leandro Guerreiro, que exibia longas madeixas até o início dessa temporada.

Leia também: Cruzeiro nega dívida de R$30 milhões com ex-presidente Perrella

"Cada atacante tem uma maneira de jogar. Wellington Paulista joga mais dentro da área, experiente e já passou muitas coisas no futebol. Tem o Guerreiro (Fábio Lopes), estamos chamando ele assim agora. Temos que conversar com ele para saber como ele gosta de jogar. Ainda não tive oportunidade de ver ele jogando, por isso temos que conversar", disse o atacante.

Depois de revelar o apelido da última contratação cruzeirense, Wallyson aproveitou para dizer os de outros atletas do time. "O Wellington Paulista é Boquita, Anselmo Ramon é Peixada. O Paulista tem a boca parecendo o símbolo da Nike. O Tonho da Lua (personagem da novela Mulheres de Areia, da TV Globo) é o Roger. Tem muito cabra feio aí. Diego Renan é o Foquinha. Os caras levam na brincadeira. Aqui é uma família e todo mundo se respeita. Faz parte do nosso trabalho", brincou o atacante.

Confira alguns apelidos dos jogadores do Cruzeiro, segundo Wallyson:
Montillo: Rato Branco
Roger: Tonho da Lua, Senador
Léo: Homem-Tanque
Wellington Paulista: Boquita
Anselmo Ramon: Peixada
Fábio Lopes: Guerreiro
Diego Renan: Foquinha, Senninha
Wallyson: Zóio de Pitomba, Zoião

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e opine sobre os apelidos do grupo