No último domingo, funcionários de motel encontraram o jogador pendurado no vitrô, enforcado por um lençol

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo confirmou que o jogador Roger, que estava no Botafogo-SP emprestado pelo Coritiba, cometeu suicídio em um quarto de motel, na estrada Garulhos-Nazaré. Às 6h40, funcionários do estabelecimento encontraram o atacante pendurado no vitrô, enforcado por um lençol.

No domingo, Roger, que não havia sido relacionado para o jogo contra o Ituano, participava de uma festa em uma chácara em Francisco Morato. Por volta do meio-dia, o jogador pegou sem autorização o carro de um dos convidados e foi embora do local. Mais tarde, os amigos conseguiram entrar em contato com Roger, que chorava muito e dizia que aquela seria a última vez que conversariam. Assustados, os companheiros fizeram um boletim de ocorrência registrando o desaparecimento.

No início da manhã, as recepcionistas do motel foram até o quarto de Roger avisar que seu período havia terminado. Sem respostas, elas entraram no local e o encontram morto. O delegado da 7ª DP de Garulhos, Marco Antônio Pereira Santos, afirmou que o caso será investigado com mais profundidade pela perícia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.