Segundo periódicos da Espanha, Braulio assumiu a culpa, se dispôs a colaborar com as investigações e por isso foi liberado

Braulio Nobrega , jogador do Zaragoza, foi preso na última quarta-feira , acusado de abusar sexualmente de uma mulher e solto após prestar depoimentos . Entretanto, de acordo com a imprensa espanhola, o atacante teria confessado o crime às autoridades locais.

Enquanto se explicava, Braulio contou com o apoio de seu advogado para convencer a polícia local de que estaria à disposição caso surgissem novas investigações.

Segundo as autoridades, a mulher de 30 anos andava pela rua quando foi atacada pelo jogador. Mesmo gritando, teve suas partes íntimas tocadas pelo agressor, que fugiu pouco depois após ter sido visto por pessoas na rua.

A vítima não conseguiu identificar Braulio. Porém, com as informações passadas à polícia como sua vestimenta e as características do seu carro, o jogador do Zaragoza foi procurado pelas autoridades locais e preso em sequência.

Formado nas categorias de base do Atlético de Madri, Braulio aguarda agora a decisão da Justiça espanhola. Dependendo da gravidade de sua acusação, o atacante pode pegar de um a até cinco anos de prisão.

O Zaragoza divulgou em seu site oficial um comunicado sobre a situação enfrentada pelo seu jogador, dizendo esperar o esclarecimento dos fatos para tomar as medidas adequadas. Confira abaixo:

"O Real Zaragoza quer mostrar sua preocupação, dada a gravidade das acusações alegadas contra seu jogador, Braulio Nobrega, e sua subsequente detenção e libertação após suas declarações diante do juiz.

O Real Zaragoza deseja expressar publicamente a sua fé na justiça e apela para o legítimo direito da presunção de inocência do atacante zaragocista atacante, como qualquer outro cidadão, em uma situação tão delicada. Uma vez esclarecidos os fatos, serão estudadas as medidas a serem tomadas."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.